segunda-feira, 28 de novembro de 2016

15º Festival de Teatro de Campo Novo do Parecis e II Circuito de Festivais de Teatro de Mato Grosso: sonhos realizados!

Foram tantos e tão diversos os temas dos espetáculos que subiram nos palcos do 15º Femute e II Circuito de Festivais de Teatro de Mato Grosso que deixaram no público de mais de 8.000 pessoas a sensação de sonhos realizados!


Oito dias de intensa programação envolveu grupos e cias de Campo Novo do Parecis e do Mato Grosso no Cortejo Cênico, no Festival Municipal de Teatro, na Mostra Oficial, no Memorial do Teatro de Grupo e nos Diálogos Culturais com debates e oficinas.

O encerramento do Festival ocorreu na noite de ontem, com a entrega dos troféus aos homenageados e aos premiados como os melhores do Festival Municipal de Teatro.

HOMENAGEADOS


Leandro Carvalho
Secretário de Estado de Cultura, representando o Governo de Mato Grosso, nosso patrocinador.


João Batista Pérez
Membro fundador e primeiro Diretor Presidente do Teatro Ogan, representando todos os membros que contribuíram com o sucesso deste grande Grupo.


Valter Lara
Ilson de Oliveira
Alexandre Rolim
Jurados


Arlênia Almeida
Benedito
Representando o apoio de todos os pais, no Festival


RESULTADO OFICIAL

Categoria Infantil


1º Melhor Espetáculo: Na floresta só tem brigas
Grupo Revelação Kid's
Autoria: Van César
Direção: Jady Alves


2º Melhor Espetáculo: O palhaço Chicote e a boneca Cicuta
Grupo Revelação Kid's
Autoria: Marcos Dorneles
Direção: Tamily Almeida


Melhor Direção: Jady Alves
Grupo Revelação Kid's
Espetáculo: Na floresta só tem brigas
Autoria: Van César


Melhor Ator: Davi Oliveira
Grupo Revelação Kid's
Espetáculo: O palhaço Chicote e a boneca Cicuta
Autoria: Marcos Dorneles
Indicados:
Pedro Wihel - Espetáculo: O Cavalo Transparente
Roberth Luan - Espetáculo: O Baú de Histórias

Melhor Atriz: Isadora
Grupo Revelação Kid's
Espetáculo: O palhaço Chicote e a boneca Cicuta
Autoria: Marcos Dorneles
Indicadas:
Giovana Oliveira - Espetáculo: O Cavalo Transparente
Maria Antonia Menezes - Espetáculo: Na floresta só tem brigas


Melhor Cenário: Grupo Arte Kid's de Teatro
Espetáculo: O Baú de Histórias
Autoria: Van César
Direção: Edionara Ferrazzo e Yasmin Leão

Melhor Figurino: Grupo Revelação Kid's
Espetáculo: Na floresta só tem brigas
Autoria: Van César
Direção: Jady Alves

Melhor Maquiagem: Grupo Revelação Kid's
Espetáculo: Na floresta só tem brigas
Autoria: Van César
Direção: Jady Alves


Melhor Sonoplastia: Grupo Encanto
Espetáculo: Um pai para o saci
Autoria: Ziraldo
Adaptação: Van César
Direção: Tamily Alves


Categoria Juvenil-adulto


1º Melhor Espetáculo: Bang, bang, você morreu!
Grupo Revelação Teen
Autoria: Willian Mastrosimone
Adaptação e Direção: Francislaine Almeida


2º Melhor Espetáculo: A bruxinha que era boa. Opss!
Grupo Cena 7
Autoria: Maria Clara Machado
Adaptação: Guilherme Bolzan
Direção: Guilherme Bolzan e Luana Stumm


Melhor Direção: Francislaine Almeida
Grupo Revelação Teen
Espetáculo: Bang, bang, você morreu!
Autoria: Willian Mastrosimone

Melhor Ator: Guilherme Bolzan
Grupo Cena 7
Espetáculo: A bruxinha que era boa. Opss!
Autoria: Maria Clara Machado
Adaptação: Guilherme Bolzan
Indicados:
Michel Michelim - Espetáculo: Bang, bang, você morreu!
Rodolfo Victor - Espetáculo: As mentiras que os homens contam

Melhor Atriz: Jady Alves
Grupo Todas as Faces
Espetáculo: Urucubaca, um feitiço na Casa Real
Autoria: Bel
Indicadas:
Franciele Almeida - Espetáculo: As mentiras que os homens contam
Thalia Ferreira - Espetáculo: Bang, bang, você morreu!

Melhor Cenário: Grupo Cena 7
Espetáculo: A bruxinha que era boa. Opss!
Autoria: Maria Clara Machado
Adaptação: Guilherme Bolzan
Direção: Guilherme Bolzan e Luana Stumm

Melhor Figurino: Grupo Revelação Teen
Espetáculo: Bang, bang, você morreu!
Autoria: Willian Mastrosimone
Adaptação e Direção: Francislaine Almeida

Melhor Maquiagem: Grupo Cena 7
Espetáculo: A bruxinha que era boa. Opss!
Autoria: Maria Clara Machado
Adaptação: Guilherme Bolzan
Direção: Guilherme Bolzan e Luana Stumm


Melhor Sonoplastia: Grupo Teatro em Cena
Espetáculo: As mentiras que os homens contam
Autoria: Luiz Fernando Veríssimo
Adaptação e Direção: Franciele Almeida

Melhor Iluminação: Grupo Revelação Teen
Espetáculo: Bang, bang, você morreu!
Autoria: Willian Mastrosimone
Adaptação e Direção: Francislaine Almeida


A todos, nosso Muito Obrigado!

15º Femute - "O que importam, realmente, são os sonhos!"

terça-feira, 22 de novembro de 2016

"Bang, bang, você morreu!" emociona público do 15º Femute

"Bang, bang, você morreu!" emocionou a plateia presente na noite de hoje (22) no Centro Cultural Paresí.


A Abertura Oficial do 15º Femute contou com casa lotada, com a presença de alunos do IFMT, da EE Padre Arlindo e da EE Madre Tarcila que compareceram para prestigiar os dois espetáculos concorrentes da noite.

O espetáculo "Bang, bang, você morreu!", de autoria de Willian Mastrosimone e direção de Francislaine Almeida, com a Cia Revelação Teen, tratou do tema do bulling, tão contemporâneo, e os artistas deram um show em palco ao representar a história de Josh, adolescente vítima de perseguição pelos colegas de escola. Logo após, o Grupo Encena apresentou "O menino das luzes" de autoria de Uarlen Becker e direção de Rodolfo Victor.

Durante o Cerimonial a diretora presidente do Teatro Ogan, Gisele Soares Almeida enfatizou e agradeceu a participação de tantos artistas e grupos nesta edição: "Obrigada aos grupos e aos pais dos artistas que participam deste 15º Femute, evento que tem contribuído para o crescimento e fortalecimento das artes cênicas, especialmente o teatro, em nosso Município." Agradeceu ao patrocínio e realização do Circuito de Festivais de Teatro de Mato Grosso, à Secretaria de Estado de Cultura, à Prefeitura Municipal de Campo Novo do Parecis e Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secultur): "Não posso deixar de agradecer ainda aos apoiadores culturais do Festival: a Agência Sicredi e à Eletromóveis Martinello."

A Abertura Oficial contou ainda com a presença do Corpo de Jurados do Festival: Valter Lara, de Nova Olímpia; Alexandre Rolim, de Campo Novo do Parecis; e de Ilson de Oliveira, de Cuiabá; e da instrutora de teatro da Secultur, Francislaine Almeida, que citou a honra de participar desde a primeira edição do Femute como integrante do Teatro Ogan e depois como diretora dos grupos participantes.

O 15º Femute prossegue amanhã, com quatro espetáculos durante o dia.
Acompanhe a programação.


"As estrelas do céu" abre o Festival Municipal de Teatro

O 15º Femute inicia sua programação de espetáculos do Festival Municipal de Teatro com um texto encantador de Carolyn Sherwin Bailey, "As estrelas do céu", adaptado por Van César e dirigido pela jovem diretora Júlia Bazila.


As temáticas dos espetáculos que concorrem na categoria infantil e juvenil/adulto do Festival Municipal de Teatro são diversas: busca da realização de sonhos, família, amor, bulling, resgate da inocência, diferenças, segredos, satisfação, folclore, amizades, mistérios, enigmas, encontro de gerações... Mas todas têm o poder de produzir o encantamento nos pequeninos e um olhar mais crítico dos jovens.

Essa é a tônica do Festival Municipal competitivo que levará aos palcos 14 espetáculos de grupos e cias que desenvolvem seus trabalhos nas oficinas de arte mantidas gratuitamente pelo Governo Municipal por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo - Departamento de Cultura.

Os espetáculos seguem à tarde com "A bruxinha que era boa. Opss" e "A princesa e o pastor". à noite será realizada a Solenidade de Abertura, e logo após a apresentação de "Bang, bang, você morreu" texto forte que trata de bulling e encerrando a noite apresenta-se "O menino das luzes".

Programação que prima pela Diversidade

A Mostra Oficial, por sua vez, traz aos palcos do Femute o aprimoramento desta arte no Município e Estado, com a participação da Cia Revelação e Teatro Ogan, locais; do Grupo de Teatro Nó, de Nova Olímpia; e do Grupo Tibanaré e Cia Theatro em Cena, ambas de Cuiabá.

Ainda faz parte da Programação do 15º Femute a exposição "Em Cena, a Arte!" e o Memorial do Teatro de Grupo; a oficina de Palhaçaria "Meu nariz é vermelho", com Ilson de Oliveira e o Diálogos Culturais, momentos de pensar o fazer teatral no Município e Estado.

Acompanhe a programação!

15º Femute - "O que importam, realmente, são os sonhos!"

domingo, 20 de novembro de 2016

Cortejo Cênico "Menestréis de Shakespeare" abre o 15º Femute

Com o tema "O que importam, realmente, são os sonhos!" o 15º Femute inicia na noite de hoje, com o Cortejo Cênico "Menestréis de Shakespeare", uma homenagem aos 400 anos do grande dramaturgo William Shakespeare.


Produzido pelo Teatro Ogan, com a participação especial da Banda Municipal de Percussão coordenada pelo instrutor Elton Geiss, e artistas dos mais diversos grupos de teatro participantes desta edição, o Cortejo apresenta de forma lúdica a chegada do Festival de Teatro de Campo Novo do Parecis.

O Cortejo Cênico inicia às 19h30, na Praça da Cultura. Adentra a Igreja Católica São Cristóvão e depois segue pela Avenida Brasil, Avenida Rio Grande do Sul rumo à Praça Odenir Ortolan.

O 15º Femute integra o Circuito de Festivais de Teatro de Mato Grosso, patrocinado pelo Governo do Estado de Mato Grosso por meio da Secretaria de Estado de Cultura. Em Campo Novo do Parecis, o evento conta com a parceria da Prefeitura Municipal por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo - Departamento de Cultura. O apoio cultural é da Agência Sicredi e da Eletromóveis Martinello.



O Festival segue com sua programação de 22 a 27 de novembro de 2016, no Centro Cultural Paresí, Praça Odenir Ortolan e Aldeias Indígenas Bacaval e Quatro Cachoeiras.

Entrada gratuita.

Vá ao Teatro!!!

Para refletir!


O orgulho dos pequenos consiste em falar sempre de si próprios; o dos grandes em nunca falar de si.

Voltaire

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Para refletir!


O homem erudito é um descobridor de fatos que já existem - mas o homem sábio é um criador de valores que não existem e que ele faz existir.

Albert Einstein

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Teatro Ogan divulga a programação do 15º Femute

Uma programação variada e que atende todos os públicos será apresentada em Campo Novo do Parecis durante os dias 22 a 27 de novembro de 2016.



Muitos grupos e cias sobem aos palcos do Femute - Festival de Teatro de Campo Novo do Parecis que integra o Circuito de Festivais de Teatro de Mato Grosso.

Festival Municipal de Teatro
São 14 espetáculos que concorrem aos troféus deste festival, que agrega grupos e cias que desenvolvem suas atividades em Campo Novo do Parecis e podem concorrem nas categorias infantil e juvenil/adulto. Os espetáculos do Festival Municipal de Teatro serão avaliados por três juris convidados especialmente para esta edição do festival.

Mostra Oficial
Grupos e cias convidadas de Mato Grosso apresentam suas montagens no Centro Cultural Paresí e Praça Odenir Ortolan:

Grupo Tibanaré - Andarilhos das Estrelas


Grupo Tibanaré - Compatriota 066


Grupo de Teatro Nó - As Aventuras de Zé Travessuras


Cia Revelação de Teatro - Assassino - Esperança das Mulheres; e Parangolé


Teatro Ogan - Passarinho me contou...


Teatro Ogan - Guilherme Augusto Araújo Fernandes


Teatro Ogan - A Cela


Cia Theatro em Cena - Fábrica de Risos


O Circuito de Festivais de Teatro é patrocinado pelo Governo de Mato Grosso por meio da Secretaria de Estado de Cultura.

A realização do Femute é do Teatro Ogan em parceria com a Prefeitura Municipal de Campo Novo do Parecis por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo - Departamento de Cultura.

O apoio cultural é da Agência Sicredi e da Eletromóveis Martinello.

Entrada gratuita!
Vá ao Teatro!

domingo, 13 de novembro de 2016

15º Femute: "O que importam, realmente, são os sonhos!"

Menestréis coloridos anunciam a chegada do 15º Femute!


Com o tema "O que importam, realmente, são os sonhos!" retirado do espetáculo "Sonho de Uma Noite de Verão!", de William Shakespeare, o Femute se integra novamente ao Circuito de Festivais de Teatro de Mato Grosso, patrocinado pelo Governo do Estado de Mato Grosso por meio da Secretaria de Estado de Cultura. Em Campo Novo do Parecis, o evento conta com a parceria da Prefeitura Municipal por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo - Departamento de Cultura. O apoio cultural é da Agência Sicredi e da Eletromóveis Martinello.

E a Programação vem cheia de emoções:

Cortejo Cênico - Homenageando os 400 anos de William Shakespeare.

Festival Municipal de Teatro - com a participação de 14 espetáculos de nosso Município.

Mostra Oficial - com a participação de nove espetáculos do Grupo Tibanaré e Cia Theatro em Cena, de Cuiabá; Grupo de Teatro Nó, de Nova Olímpia; e da Cia Revelação e do Teatro Ogan de Campo Novo do Parecis.

Memorial do Teatro de Grupo - com a exposição "Em Cena, a Arte!" homenageando os 23 anos do fazer teatral em Campo Novo do Parecis.

Diálogos Culturais - para aprimoramento dos artistas e grupos.

Oficina de Palhaçaria - com a Cia Theatro em Cena, de Cuiabá.

O 15º Femute acontece de 21 a 27 de novembro de 2016, no Centro Cultural Paresí, Praça Odenir Ortolan e Aldeias Indígenas Bacaval e Quatro Cachoeiras.

Entrada gratuita.

Vá ao Teatro!!!

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Humoristas de destaque no cenário local e nacional compõem programação do 8º Humor do Mato

Evento que integra o Circuito de Festivais de Teatro de Mato Grosso será realizado entre os dias 20 e 23 de outubro em Cuiabá e nos dias 12 e 19, em Chapada e Santo Antônio, respectivamente.


O Circuito de Festivais de Teatro de Mato Grosso dá início a mais uma etapa. Desta vez, o já consagrado Humor do Mato integra o programa de fomento às artes cênicas que alcança vários municípios do Estado.

Entre os dias 20 e 23 de outubro, bem como de 12 e 19 de novembro, o humor ganha novas facetas em Mato Grosso, garantindo a diversão do público. Ao todo, 22 humoristas mato-grossenses e outros quatro artistas nacionais, Nerso da Capitinga, Eri Johnson e Pedro Manso e o Maloka, figuram ao lado de grandes nomes mato-grossenses, como Nico e Lau, André D’ Lucca, Comadre Pitu e Totó Bodega, Taty Baracatty, Nico e Lau, Tchó e Béppi (Sinop), Bastiana Cacerense (Cáceres), Alma de Gato, Creonice, Xô Dito, Penélope e Creissiewerson (ganhador do Concurso de Humor em Cuiabá), dentre tantas referências.

A programação do Humor do Mato – que tem patrocínio da Secretaria de Estado de Cultura – chega à capital e ao Vale do Rio Cuiabá. Entre os dias 20 e 23 de outubro, o palco do Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros recebe 4 espetáculos nacionais e sete regionais. Na abertura, haverá show com Pedro Manso – famoso pelas imitações de várias personalidades – e ainda, shows regionais com Nico e Lau e Taty Baracatty, personagem de Maurício Ricardo.

De acordo com um dos idealizadores do evento, Lioniê Vitório, a iniciativa da Sec-MT impulsiona o alcance do teatro em Mato Grosso. “O Circuito é resultado da soma de esforços entre artistas, produtores culturais e o poder público, que amplia a atuação do teatro em Mato Grosso, qualifica e transforma realidades. É imprescindível que essa conexão entre os festivais ganhe ainda mais força”, diz.

Até o dia 23 serão apresentados três espetáculos por noite, sendo um nacional e dois locais. Já na segunda etapa, o Humor do Mato estende suas apresentações a duas outras cidades. No dia 12 de novembro, integra o Festival Gastronômico de Chapada Original e no dia 19, é o público de Santo Antônio de Leverger quem recebe shows de Nico e Lau e Tchó e Béppi.

A programação prevê ainda a realização da palestra “Produto Cultural como Produto de Mercado” aberta a 150 pessoa, no dia 25 de outubro, às 19h30, na Univag. O ingresso a todas as atividades na capital, serão 2 kg de alimento não-perecível.

O Festival trabalha e difunde o gênero mais popular das artes cênicas: A comédia é realizada pelo Instituto Leverger, com a produção da Nico e Lau Produções. Com o tema ”Rir ou não rir, eis a questão!”, os organizadores fazem uma referência ao dramaturgo inglês Shakespeare e o homenageiam nos 400 anos de sua morte.

Vale ressaltar, os artistas que integram a programação foram convidados. O objetivo é idealizar uma programação que revele a diversidade da cultura brasileira, trazendo representante das diversas regiões do país, com sua identidade e linguagem próprias.

Programação

Quinta-feira (20)
20h
Cerimônia de Abertura com Pedro Manso, Nico e Lau, Taty Baracatty

Sexta-feira (21)
Às 20h
Maloka, Totó Bodega, Creissiewerson e André D’Lucca

Sábado (22)
Às 20h
Nerso da Capitinga, Penélope e Xô Dito, Bastiana Cacerense

Domingo (23)
Às 20h
Eri Johnson, Pitu, Alma de Gato

Dia 12 de novembro
Às 20h em Chapada dos Guimarães
Nico e Lau e Creonice

Dia 19 de novembro
Às 20h em Santo Antônio de Leverger
Nico e Lau, Tchó e Béppi

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

MITI chega a outras três cidades de Mato Grosso

Acorizal, Nossa Senhora do Livramento e Nova Brasilândia recebem o espetáculo O Concerto da Lona Preta, da Trupe Lona Preta, de São Paulo.


A 7° Mostra Internacional de Teatro Infantil ultrapassa as fronteiras da capital mato-grossense e chega a outros três municípios do Estado. Crianças e adultos de Acorizal, Nossa Senhora do Livramento e Nova Brasilândia poderão assistir “O Concerto da Lona Preta”, em praça aberta. Leve um brinquedo novo ou usado em bom estado e contribua também com a felicidade de outras crianças.

Em Acorizal, o espetáculo será exibido na Praça Coronel Tonho, nesta sexta-feira (14), às 18h. No sábado (15) será a vez de Nossa Senhora do Livramento receber “O Concerto da Lona Preta”, na Praça de Eventos, também às 18h. A curta tour da Trupe Lona Preta encerra em Nova Brasilândia, na Praça Nossa Senhora Aparecida, às 18h.

O espetáculo teatral aborda alguns aspectos da complexa e diversificada linguagem musical, bem como, da sofisticada arte da “palhaçaria”. Em cena, músicos/palhaços se desdobram para a execução de um amplo e variado repertório, que abrange de arranjos musicais concertantes às manifestações populares e/ou popularescas.

“Nossa pesquisa prima pelo som e pela execução do som, bem como pelos desdobramentos cômicos daí decorrentes. A partir de um longo processo, criamos, adaptamos e recriamos diversos jogos de cena com o intuito de trilhar dois caminhos, opostos, mas necessariamente complementares”, diz Sérgio Carozzi, diretor do espetáculo.

O “Conserto da Lona Preta” é um espetáculo inspirado na tradição circense. Os palhaços Rabiola e Chico Remela reconstroem, de forma divertida, os símbolos do picadeiro, atualizando e dando novo vigor às clássicas cenas do circo tradicional e mambembe, nas picadilhas do imaginário.

Com o patrocínio do Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e da Caixa Cultural, a 7° MITI integra o Circuito de Festivais de Teatro de Mato Grosso e segue com programação intensa até dia 16 de outubro, com diversos espetáculos e uma curiosa Oficina de Brinquedos Populares. Consulte a programação completa da mostra em www.mostrainfantil.com.br.

Serviço

Espetáculo “O Concerto da Lona Preta” - Trupe Lona Preta (SP)

Dia: 14/10 (sexta-feira) em Acorizal
Local: Praça Coronel Tonho
Horário: 18h

Dia: 15/10 (sábado) em Nossa Senhora do Livramento
Local: Praça de eventos
Horário: 18h

Dia: 16/10 (domingo) em Nova Brasilândia
Local: Praça Nossa Senhora Aparecida
Horário: 18h

Ingresso: Um brinquedo novo ou usado em bom estado
Ficha técnica: Direção: Sérgio Carozzi / Figurinos: Lona Preta / Elenco: Alexandre Matos, Elias Costa, Joel Carozzi, Sergio Carozzi e Wellington Bernado / Produção: Henrique Alonso

MITI - "Chapeuzinho Vermelhô?" será exibida em duas sessões no Cine Teatro Cuiabá

Espetáculo da Cia Os Profiçççionais, de São Paulo, faz parte da programação da 7ª Mostra Internacional de Teatro Infantil.


A 7° Mostra Internacional de Teatro segue com programação intensa até dia 16 de outubro. Nesta sexta-feira (14), em dois horários, às 9h e às 15h, no Cine Teatro Cuiabá, pais e filhos poderão prestigiar uma versão bem inusitada do clássico Chapeuzinho Vermelho. A entra é um brinquedo novo ou usado em bom estado.

Responsável pela peça, a Cia Os Profiçççionais de São Paulo exibe Chapeuzinho Vermelhô?, uma comédia infantil que busca a união das artes circenses, teatrais e a nobre arte do palhaço. Utilizando a técnica de contação de histórias da literatura infantil, dentro do conceito do circo tradicional, a montagem apropria-se de gags clássicas, virtuoses e muita sonoplastia.

Em um clima de corre-corre e salve-se quem puder (com um pouco de preguiça), descobrem, três palhações muito trapalhões, descobrem que estão no Cine Teatro Cuiabá pra contar uma linda história infantil. “A peça apresenta uma miscelânea de histórias já conhecidas pelo público, de maneira inusitada e divertida. Um espetáculo feito para toda a família, mas com respeito e apreço pelo universo da criança, sua ingenuidade, sua alegria e acima de tudo a simplicidade do riso espontâneo e contagiante”, revela André Cruz, diretor.

Com patrocínio do Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e da Caixa Cultural, a 7° MITI integra o Circuito de Festivais de Teatro de Mato Grosso e segue com programação intensa até dia 16 de outubro, com diversos espetáculos e uma curiosa Oficina de Brinquedos Populares. Consulte a programação completa da mostra em www.mostrainfantil.com.br.

Serviço


Espetáculo “Chapeuzinho Vermelhô?” - Cia Os Profiçççionais (SP)

Sexta-feira (14), às 9h e às 15h
No Cine Teatro Cuiabá
Ingresso: Um brinquedo novo ou usado em bom estado
Assessoria de Imprensa: (65) 98425-1443
Ficha Técnica: Direção e Dramaturgia: André Cruz / Roteiro, texto, concepção de figurinos e cenário: Os Profiçççionais / Elenco: João Marcílio, Rafael Rodrigues e André Doriana / Produção: Thayse Guedes

Para refletir!


O sábio procura a ausência de dor e não o prazer.

Aristóteles

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Prêmio Mato Grosso de Literatura está com inscrições abertas

Estão abertas até o dia 14 de novembro as inscrições para o 2º Prêmio Mato Grosso de Literatura, iniciativa da Secretaria de Estado de Cultura para fomentar e incentivar o segmento literário no Estado. O edital já está disponível no Diário Oficial e no site da SEC.


O concurso vai premiar dez obras literárias no valor de R$ 30 mil cada, totalizando R$ 300 mil em investimentos. Os trabalhos devem ser inéditos, escritos em língua portuguesa e podem concorrer nas categorias poesia (duas obras), prosa (quatro obras), infantojuvenil (duas obras) e revelação (duas obras).

As inscrições devem ser feitas exclusivamente online, por meio de formulário eletrônico disponível no site Mapas até às 23h59 do dia 14/11. Cada obra poderá concorrer em uma única modalidade do prêmio e cada autor poderá inscrever apenas uma obra em uma categoria. Além disso, o proponente deve comprovar residência em Mato Grosso por, no mínimo, dois anos. Dúvidas devem ser enviadas para o e-mail premiomtdeliteratura@cultura.mt.gov.br.

Categorias

Por poesia entende-se expressão literária livre, construída por versos ou outra forma de organização de palavras, que expressem uma idéia ou sentimento.

A prosa corresponde aos trabalhos de criação nos gêneros coletânea de contos, coletânea de crônicas, romance, novela, livro infantil ou texto teatral, que possam ser publicados na forma impressa de livro.

Na categoria infantojuvenil, novidade desta segunda edição, a obra deve ser voltada às crianças e jovens, sejam ilustradas ou não.

Já o prêmio na categoria revelação vai para autores estreantes que nunca tiveram livros publicados na forma impressa, nos gêneros poesia, prosa ou infanto-juvenil.

As obras inscritas serão submetidas a duas comissões, de habilitação e avaliação técnica, sendo esta última composta por profissionais de reconhecido mérito e competência no meio literário. As obras literárias apresentadas deverão ser avaliadas por, no mínimo, três pareceristas.

Primeira edição

A primeira edição do prêmio, realizada no ano passado, contemplou nove obras, sendo cinco de autores do interior do Estado, atendendo ao princípio de descentralização das políticas públicas do Governo de Mato Grosso. Entre os pareceristas que avaliaram as publicações estava Ricardo Ramos filho, escritor e neto e Graciliano Ramos, autor de Vidas Secas, uma das obras consideradas clássicas na literatura mundial.

Para refletir!


A minha terceira máxima era de sempre tentar vencer mais a mim mesmo do que a fortuna e mudar os meus desejos mais do que a ordem do mundo.

René Descartes

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Para refletir!


Quando se toma a resolução de tapar os ouvidos mesmo aos mais válidos argumentos contrários, dá-se indícios de caráter forte. Embora isso também signifique eventualmente a vontade levada até a estupidez.

Friedrich Nietzsche

domingo, 9 de outubro de 2016

MITI abre o Circuito de Festivais de Teatro de Mato Grosso

Espetáculos teatrais e um musical, oficina de capacitação e bate-papo com artistas, compõem a programação da Miti, entre os dias 11 e 16 de outubro, semana dedicada à criança.


A Mostra Internacional de Teatro Infantil abre a temporada do Circuito de Festivais de Teatro de Mato Grosso, que ocorre até dezembro em vários municípios do Estado. Espetáculos teatrais e um musical, oficina de capacitação e bate-papo com artistas compõem a programação da Miti, entre os dias 11 e 16 de outubro, uma semana inteira dedicada às crianças.

Com o objetivo de descentralizar o acesso às artes cênicas para o público infantil de outras cidades, neste ano, além de Cuiabá, espetáculos da Miti chegam também a outros três municípios: Nova Brasilândia, Acorizal e Nossa Senhora do Livramento. Para participar de todas as atividades, basta trocar um brinquedo novo ou usado em bom estado pelo ingresso na bilheteria, antes do espetáculo.

De acordo com um dos organizadores da Mostra, Eduardo Espíndola, a Miti é direcionada ao público infanto-juvenil, mas suas ações atingem toda a família. “É para crianças e adultos. A Miti foca suas atividades especialmente neste público, por que consideramos que a arte é essencial para o desenvolvimento saudável. A gente aposta nisso ao idealizar uma programação que proporciona encantamento a partir de histórias emocionantes, do fazer com as mãos, da linguagem audiovisual e da música. É para uma vida inteira”, pontua.

Empenhados em exercer a inclusão social, os organizadores idealizam agendamento escolar para ampliar o alcance da mostra a instituições de ensino de bairros periféricos que tem pouco acesso a este tipo de atividade. A doação dos brinquedos também coloca em prática este ideal, afinal, posteriormente, serão doados a instituições de assistência à criança.

Circuito de Festivais

Para se integrar à rede de festivais que configura o Circuito de Festivais de Teatro de Mato Grosso, a Miti acaba de ser incorporada ao grande programa de fomento à circulação das artes cênicas patrocinada pela Secretaria de Estado de Cultura. “Agregar a essa grande movimentação do teatro em nosso Estado dá ainda mais visibilidade ao nosso projeto, sem contar, a consolidação de intercâmbio de iniciativas, de grupos, de profissionais voltados à produção teatral”, declara Eduardo. O projeto da Miti também foi aprovado pelo edital da Caixa Cultural.

De acordo com o secretário de Estado de Cultura, Leandro Carvalho, a mostra agrega não apenas a profissionais de Mato Grosso e do Brasil, mas também, ao público, trazendo grandes produções a quatro cidades de Mato Grosso.

“No ano passado o Circuito movimentou o segmento das artes cênicas com números surpreendentes para a primeira edição de um evento até então inédito em Mato Grosso. É importante lembrar que este será, em muitos casos, o primeiro contato com o teatro de boa parte das crianças que irão à Mostra, repleta de espetáculos de qualidade e muito criativos, adequados para todas as idades. O Circuito de Teatro tem mesmo esse intuito, descentralizar e ampliar cada vez mais o acesso. É muito representativo ver a Miti ir para além de Cuiabá, chegando este ano à Nova Brasilândia, Acorizal e Nossa Senhora do Livramento, também”, diz Leandro Carvalho.

O primeiro espetáculo a ser encenado pela Mostra, é o Cinco Semanas em um Balão, da companhia paulista, Sabre de Luz. Será na terça-feira (11), às 9 e às 15h, no Cine Teatro Cuiabá. A peça inspirada no primeiro livro de Júlio Verne conta a história de Drº Fergusson, um cientista aventureiro, seu amigo Drº Kennedy um corajoso explorador e seu fiel criado Joe, que partem em uma aventura pela África em busca de três tesouros perdidos, a bordo de um balão. A travessia dura cinco semanas. Durante o percurso eles aprendem que nem todo tesouro do mundo é mais valioso do que uma grande aventura!

Confira a programação:

Cinco Semanas em Um Balão
Cia Sabre de Luz - SP
Dia 11/10 (terça-feira)
às 09 e 15h
Cine Teatro Cuiabá
Entrada: 1 brinquedo

Alicia - Ensueño de maravillas (Alice. Sonho de maravilhas)
Cia Ochojos – Argentina
Dia: 12/10 (quarta-feira)
Horário: 17h
Local: Cine Teatro Cuiabá
Entrada: 1 brinquedo

Caquilhos de Munchausen
Cia Arte Negus - SP
Dia: 13/10 (quinta-feira)
Horário: 15h
Local: Cine Teatro Cuiabá
Entrada: 1 brinquedo

O Pequeno Príncipe
Teatro de Brinquedo - MT
Dia: 13/10 (quinta-feira)
Horário: 09h
Local: Cine Teatro Cuiabá
Entrada: 1 brinquedo

Chapeuzinho Vermelhô?
Os profiçççionais - SP
Dia: 14/10 (sexta-feira)
Horário: 09h e 15h
Local: Cine Teatro Cuiabá
Entrada: 1 brinquedo

O Concerto da Lona Preta
Trupe Lona Preta - SP
Dia: 14/10 (sexta-feira) em Acorizal
Local: Praça Coronel Tonho
Dia: 15/10 (sábado) em Nossa Senhora do Livramento
Local: Praça de eventos
Dia: 16/10 (domingo) em Nova Brasilândia
Local: Praça Nossa Senhora Aparecida
Horário: 18h
Entrada: 1 brinquedo

A Princesa Engasgada
Grupo Teatral de Risco – MS
Dia: 15/10 (sábado)
Horário: 18h
Local: Arena Pantanal
Entrada: 1 brinquedo

Entre Janelas
Tato Criação Cênica - PR
Dia: 15/10 (sábado)
Horário: 17h
Local: Cine Teatro Cuiabá
Entrada: 1 brinquedo

Mel de Melão
Monofoliar - MT
Dia 16/10 (domingo)
Horário: 18h30
Local: Arena Pantanal
Entrada: 1 brinquedo

11 A 16 DE OUTUBRO DE 2016

A oficina "Brinquedos Populares" tem como objetivo construir brinquedos tradicionais brasileiros, proporcionando ao professor/educador ferramenta para o resgate da cultura, do fazer manual e para a transformação de consumidor para produtor de arte e entretenimento.
Data: 10, 11, 13 e 14 de outubro (exceto 12/10 feriado)
Horário: 14h às 17h30m
Carga horária: 15 horas. Com certificação
Nº de vagas: 30
Local: Auditório do Museu de Arte de Mato Grosso (Rua Barão de Melgaço, 3565 Centro - Cuiabá/MT)
Público Alvo: Professores da Educação Infantil e Ensino Fundamental, Educadores e demais interessados.
Ministrante: Micheli Sierra

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Sarau abre a FECCICA com grandes apresentações culturais

O Sarau na Praça recebeu na noite desta quinta-feira (6), na Praça Municipal Odenir Ortolan, o “FECCICA”, abrindo oficialmente a “Feira Cultural e Científica de Campo Novo do Parecis”.


Várias apresentações de trabalhos Culturais que concorrem nas modalidades de Teatro, Poesia, Música e Danças, de 11 escolas participantes, se apresentaram no palco do Sarau. Dentre elas, Escola Especial Bem-Me-Quer – APAE; IFMT Campus Parecis; EMEI´S Itamarati Norte, Jordana Araújo da Silva, Hestha Beatha, Reino Encantado, Armando Brólio; Escolas Municipais 04 de Julho e Jardim das Palmeiras; Escola Estadual Argeu Augusto de Moraes e a participação especial da Banda de Percussão do Município na abertura.

Cinco jurados participam das avaliações dos trabalhos da noite, tendo em vista que a FECCICA, objetiva a promoção do ensino-aprendizagem, a prática cultural e científica, estimular o intercâmbio de conhecimentos entre as instituições escolares, bem como, o despertar de vocações.

Durante o evento, a programação do Sarau aconteceu normalmente com exposição de artesanato, praça de alimentação e a participação de um grande público.

domingo, 2 de outubro de 2016

Para refletir!


Quem perde o respeito por si mesmo, já não pode mais, também como homem do conhecimento, comandar, conduzir. A menos que quisesse converter-se em grande mentiroso.

Friedrich Nietzsche