quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Veja a programação do Réveillon de Campo Novo do Parecis

A programação inclui shows, sorteios de prêmios, show pirotécnico e muita diversão

A exemplo dos anos anteriores, a Prefeitura Municipal, através do Departamento de Cultura, em parceria com a Câmara Municipal e a Associação Comercial (Acic), realiza a Festa da Virada na Praça de Eventos de Campo Novo do Parecis, e neste ano promete ser inesquecível.

A programação dos dias 30 e 31 de dezembro traz shows, sorteios de prêmios, queima de fogos e muita diversão. A entrada será gratuita.

No dia 30, a partir das 20 horas, terá shows locais com a Banda Mistura Brasileira e a dupla sertaneja Rey e Fabiano. As 22 horas sobe em palco a Banda Zatter, do Paraná, tocando todos os ritmos.

No dia 31, a Festa da Virada começa às 20 horas com o sorteio da promoção “Final de Ano Premiado Acic”. Uma picape S-10 e outros prêmios serão sorteados entre os clientes que compraram no comércio associado a Acic.

As 23 horas ocorre show com a Banda Zatter e perto da zero hora acontece a tradicional Contagem Regressiva para o ano de 2011, com um grande show pirotécnico. A banda Zatter dá continuidade ao show logo em seguida.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Aberto edital de apoio a projetos de Mato Grosso


Artesa Cênicas será uma das contempladas

Estão abertas as inscrições para os editais do Programa de Apoio a Cultura - Proac/2011. Artistas, produtores culturais e Entidades do terceiro setor de Mato Grosso podem inscrever seus projetos até o dia 11 de fevereiro de 2011.

O objetivo é apoiar projetos culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado, com a finalidade de estimular e fomentar a produção artístico-cultural do Estado de Mato Grosso. No total, serão investidos R$ 5.565.000,00 nos vários segmentos artísticos.

Os Editais Segmentados de Convocação do PROAC/2011, conforme estabelecidos nos anexos da Resolução Nº 040/2010, atendem ao Vale do Rio Cuiabá (Baixada Cuiabana) e Outras Regiões do Estado de Mato Grosso .

Os projetos culturais, bem como a documentação exigida deverão ser protocolados no Conselho Municipal de Cultura.

Intercâmbio Cultural:
De 02 de dezembro a 04 de fevereiro de 2011 artistas, produtores e entidades culturais do Estado de Mato Grosso poderão se cadastrar no Programa de Intercâmbio e Difusão Cultural 2011.

O objetivo principal do Programa é cadastrar novos proponentes e recadastrar os proponentes do ano de 2010 para realizarem ações de capacitação, apresentações cênicas e apresentações musicais nos eventos e atividades realizadas e/ou apoiadas pela Secretaria de Estado de Cultura no exercício de 2011.

Os proponentes cadastrados no Programa no exercício de 2010 deverão encaminhar a Coordenadoria “Solicitação de recadastramento” e o “Cadastro de pessoa física ou jurídica.

Maiores Informações podem ser obtidas com Conselho Municipal de Cultura de Campo Novo do Parecis pelo telefone: 3904-2095 ou pelos celulares 9926-1013 (Alexandre) e 9987-9326 (Vanderlei).

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Confira os vencedores do 10º Festicampo 2010

Ocorreu entre os dias 17 e 19 de dezembro de 2010, o 10º Festival da Canção de Campo Novo do Parecis (Festicampo 2010), na sede do SSPM. De acordo com a organização, 34 candidatos participaram nas modalidades MPB, Sertanejo e Gospel, distribuídos nas categorias Infanto Juvenil e Adulto.


A realização foi do Lions e Léo Clube apoiados pelo Departamento de Cultura do Governo Municipal.

Veja abaixo os vencedores:

Categoria Infanto Juvenil

MPB
1º lugar – Julia Kaendra – Música Encostar na Tua – Ana Carolina
2º lugar – Ytalo Boroviec - Aquilo que dá no coração - Lenine
Gospel1º lugar – Janice Lima - Fidelidade - Danielle Cristina
2º lugar - Sabor de Mel - Damares

Sertanejo
1º lugar: Augusto Neto - Inventor dos Amores - Jorge e Matheus
2º lugar: Luis e Gilmar - Pagode em Brasília - Maick e Lian

Categoria Adulto

MPB
1º lugar: Juliana Liz – Música Porto Solidão de Jessé
2º lugar: Juliana Schmitt - Planeta Água – Sandy e Jr.

Gospel
1º lugar: Bianca Santos - Palavras - Lauriete
2º lugar: Carlos e Eduardo - Você é Especial - Daniel e Samuel

Sertanejo
1º lugar: Rey e Fabiano – À sua vista – João neto e Frederico
2º lugar: Jodi e Maurício Viola - Cada um com seus problemas - Jads e Jadson
3º lugar: Quim Rodrigues - A Carta - Milionário e José Rico

sábado, 18 de dezembro de 2010

Ninho do Sol participa de "Natal de Paz e Luz"

Aconteceu no dia 17 de dezembro a tradicional Noite de Paz e Luz, na Praça da Cultura, com apresentações de danças, músicas, exposição de artes plásticas e a chegada do "Bom Velhinho".
Também a abertura das comemorações do Natal com a inauguração da decoração e iluminação natalinas.

O Ponto de Cultura Ninho do Sol, projeto patrocinado pelo Governo Federal e Ministério da Cultura, através do Governo de Mato Grosso e Secretaria de Estado de Cultura, participou com apresentação de balé voltada para essa data. O agente cultural do Ponto, Fábio Lima, levou o Grupo Flor de Menina, que apresentou a coreografia "Noite de Natal".

O ponto alto da noite foi a chegada do Papai Noel desejando "Feliz Natal" e distribuindo balas para as crianças. Também foi inaugurado o Chalé do Papai Noel, espaço que abrigará a Casa do Artesão a partir de janeiro de 2011.

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Festicampo começa hoje à noite no SSPM


Divulgação

Começa na noite de hoje, sexta-feira, 17, a partir das 20 horas o 10º Festival da Canção de Campo Novo do Parecis. O evento acontece na sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SSPM), ao lado da Câmara Municipal.
Na noite de hoje acontecerá a primeira seletiva, com a apresentação de 50% dos candidatos e cada modalidade e categoria.
De acordo com a organização, 34 candidatos se inscreveram nas modalidades MPB, Sertanejo e Gospel, distribuídos nas categorias Infanto Juvenil e Adulto.
Amanhã, sábado, 18, ocorre a segunda seletiva e no domingo, 19, a grande final com os melhores em cada categoria e modalidade.
O evento ocorre sempre no SSPM, a partir das 20 horas, a entrada é simbólica: R$ 2,00 ou um quilo de alimento não perecível.
A realização é do Lions e Léo Clube apoiado pelo Departamento de Cultura do Governo Municipal.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Natal de Paz e Luz: abertura acontece quinta

O Governo Municipal de Campo Novo do Parecis vai inaugurar a decoração natalina na próxima quinta-feira, dia 17 de dezembro de 2010.

Casinha do Papai Noel - espaço será a Casa do Artesão

O Natal de Paz e Luz, tradicional evento que inaugura os festejos natalinos, acontecerá na Praça da Cultura a partir das 19h30 com apresentações de música, dança, capoeira e exposição de artes plásticas, organizado pelo Centro Cultural.

O ponto alto do evento será a chegada do Papai Noel na Casinha, distribuindo doces para as crianças e abrindo oficialmente o Natal 2010, atendendo a todos até o dia 25 de dezembro.

Um tanto atrasada neste ano, a chegada do Papai Noel foi adiada devido à demora na entrega dos materiais de iluminação pelas empresas contratadas e, especialmente, ao término da Casinha, que será a Casa do Artesão a partir de janeiro, tornando-se mais um espaço cultural do município.

O Parecis.net comenta com humor esse atraso. Veja matéria completa.

A Casa do Artesão

Criada pela Lei Municipal Nº 1.355/2010, de 09 de abril de 2010, a Casa do Artesão é um antigo anseio da classe em Campo Novo do Parecis, que carecem de um espaço para exposição e comercialização dos seus produtos.

Em breve, matéria completa sobre o assunto.

domingo, 5 de dezembro de 2010

Teatro Experimental estreia espetáculo

Estreiou na última sexta-feira, dia 03 de dezembro, o espetáculo "Saga, Caminhos e Caminhantes".

Ponto de Cultura Teatro Experimental

O espetáculo é resultado do primeiro ano das atividades do Ponto de Cultura Teatro Experimental com jovens do bairro Vila Nova no curso de 'Formação de Mobilizadores Sociais por meio do Teatro', que contou com mais de 300 horas de atividades que subsidiaram a dramaturgia do espetáculo.

"Saga, Caminhos e Caminhantes" é um texto escrito por Anderson Flores e Ronaldo Adriano, a partir das experiências vivenciadas e do estudo durante todo o desenvolvimento das atividades. Compõe-se dos antecedentes da colonização da Amazônia, como a seca, a geada e a invasão das águas pela usina Itaipu e da formação do bairro Vila Nova.

As famílias vieram para a Amazônia para se estabelecer e melhorar economicamente, mas muita gente se frustrou, pois pouco do prometido realmente aconteceu para todos. As promessas como comprar seu pedaço de terra que “corria leite e mel” e melhorar a vida foi se desfazendo, pois a riqueza não era para todos. Aqueles que foram excluídos das atividades econômicas e continuaram na região foram enviados para a área onde se conhece hoje como Vila Nova.

Para Cecon, o envolvimento dos integrantes do Teatro Experimental foi muito positiva. "Além da formação continuada propiciada pelo Ponto de Cultura através de oficinas com profissionais de gabarito no cenário brasileiro, todos os integrantes mergulharam em áreas de produção do espetáculo 'Saga, Caminhos e Caminhantes' que até então nunca tinham executado. São nessas novas investiduras que conseguimos crescer enquanto artistas", diz.

Ponto de Cultura Teatro Experimental

Um dos propósitos do conveniamento dos pontos de cultura junto ao Estado e Governo Federal, é para que durante os três anos em que o projeto recebe um incentivo para realização das atividades, ele possa se fortalecer para que quando findado os repasses, o projeto não acabe. Segundo Elenor, o PC Teatro Experimental tem buscado estas parcerias, como a estabelecida com a organização não-governamental Instituto Ouro Verde, onde possibilitou a realização de uma oficina de vídeo para índios da aldeia Terena.

Outro ponto que vale ser destacado é que o Ponto de Cultura tem auxiliado grupos artísticos fundados por jovens que participam das atividades oferecidas pelo PC Teatro Experimental, como é o caso do grupo de dança El Shaday e do Grupo Mano's do Hip Hop, ambos contemplados pelo edital Microprojetos da Amazônia Legal da Funarte.

Com informações da Assessoria TEAF.

sábado, 4 de dezembro de 2010

Conselho de Cultura cadastra artistas

Artistas podem se cadastrar no Conselho de Cultura até quinta-feira

O Conselho Municipal de Cultura de Campo Novo do Parecis comunica a todos os produtores culturais do município que estará fazendo na próxima semana, a partir de segunda-feira, 06 de dezembro, o cadastramento dos mesmos no Conselho Estadual de Cultura.

O cadastramento é importante, pois somente com ele os profissionais da área (artesãos, músicos, artistas cênicos, entre outros), poderão votar e serem votados na eleição que escolherá os novos conselheiros estaduais de Cultura de Mato Grosso.

Os interessados deverão se dirigir ao Centro Cultural a partir de segunda-feira, 06 de dezembro, munidos de documentos pessoais, comprovante de residência atual e de dois anos atrás, além de reportagem em jornal ou revista, fotografias, vídeos, folders ou cartazes, enfim, materiais que comprovem a atuação do mesmo na área cultural.

O Centro Cultural fica na rua Severino de Lima, no prédio da Associação de Moradores do Bairro Nossa Senhora Aparecida. Maiores informações podem ser adquiridas com Sílvia Schneiders, Vanderlei ou Alexandre nos telefones: 3904-2095, 9926-1013 e 9987-9326.

Com informações de Alexandre Rolim - Parecis.net

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Tramita na Câmara projeto que revoluciona a cultura camponovense

Foi protocolado na Câmara Municipal de Vereadores, nesta quinta-feira, dia 01 de dezembro de 2010, o Projeto de Lei que cria o Sistema Municipal de Cultura de Campo Novo do Parecis.

Cultura afrodescendente - beneficios na nova Lei

Um dos anseios mais antigos da classe artística e do Conselho Municipal de Cultura, o projeto prevê a criação do Sistema Municipal de Cultura, que organiza a área cultural de Campo Novo do Parecis e estabelece instâncias de efetiva participação popular nas decisões do setor.

O Sistema Municipal de Cultura é composto pelos seguintes entes orgânicos:
Secretaria Municipal de Educação e Cultura - Departamento de Cultura;
Conselho Municipal de Cultura;
Centro Cultural;
Banda Municipal do Parecis;
Telecentro Comunitário e seu Conselho Gestor;
Museu Histórico do Parecis;
Biblioteca Pública Municipal; e
Casa do Artesão.

O Sistema Municipal de Cultura contará ainda com os seguintes instrumentos de suporte institucional:
Plano Municipal de Cultura;
Fórum e Conferência Municipal de Cultura;
Programa e Fundo Municipal de Incentivo à Cultura;
Sistema Municipal de Informações e Indicadores Culturais.

Patrimônio cultural - benefícios com a criação da Lei

Programa Municipal de Incentivo à Cultura

O principal ponto de impacto na nova Lei será a criação do Fundo Municipal de Incentivo à Cultura, que tem o objetivo de promover a economia da cultura e fomentar a criação, produção, formação, circulação e memória artístico-cultural, custeando total ou parcialmente projetos e atividades culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado.

Isso dará uma nova dinâmica à cultura de Campo Novo do Parecis, sendo que os recursos do Fundo serão de várias fontes:
Transferências à conta do orçamento geral do município, pelo Estado e pela União;
Receitas arrecadada pelas unidades integrantes do Sistema Municipal de Cultura;
Contribuições de mantenedores, auxílios, subvenções e outras contribuições de entidades públicas ou privadas, nacionais ou internacionais;
Doações e outros recursos a ele destinados na forma da lei.



Se aprovada essa Lei, o setor cultural do município se alinhará com a revolução cultural que o Brasil vive hoje, o que colocará a cultura no patamar de direitos essenciais do ser humano, dinamizando a economia, valorizando o social e reforçando nos cidadãos deste país o valor simbolico que nos define como brasileiros.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Aids: Não é questão de sorte, mas de prevenção!


Compreensão, compaixão e tolerância

O Dia Mundial de Luta Contra a Aids foi criado para relembrar o combate à doença e despertar nas pessoas a consciência da necessidade da prevenção, aumentar a compreensão sobre a síndrome e reforçar a tolerância e a compaixão às pessoas infectadas.

Foi a Assembléia Mundial de Saúde, com o apoio da Organização das Nações Unidas (ONU), que instituiu a data de 1º de dezembro. A decisão foi tomada em outubro de 1987. No Brasil, a data passou a ser comemorada a partir de 1988, por decisão do Ministro da Saúde.

A cada ano, diferentes temas são abordados, destacando importantes questões relacionadas à doença. Em 1990, por exemplo, quando a Aids ainda era mais disseminada entre os homens, o tema foi "A Aids e a Mulher". Em 1997, foi a vez de as crianças infectadas serem lembradas. A importância da família e da união de forças também já foram destacadas como importantes aliados da luta contra a Aids.




1º de Dezembro: Dia Mundial de Luta Contra a Aids



Pessoas vivendo com HIV
"Campanha Igual a Você"

Todos os dias, pessoas vivendo com HIV/AIDS são alvo de preconceito no Brasil. Hoje é um bom dia para você parar e analisar os seus conceitos, e perceberá que todos são "Iguais a Você".

Este vídeo faz parte de uma iniciativa que dá voz e notoriedade aos direitos humanos de estudantes, gays, lésbicas, pessoas vivendo com HIV, população negra, profissionais do sexo, refugiados, transexuais e travestis e usuários de drogas.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Vem aí o Festival Municipal da Canção 2010

Inscrições estão abertas até o dia 10 de dezembro no Departamento de Cultura


 O Lions e o Leo Club em parceria com o Governo Municipal, Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec), através do Departamento de Cultura, realiza nos dias 17, 18 e 19 de dezembro o X Festival da Canção de Campo Novo do Parecis (Festicampo).

As inscrições estão abertas até o dia 10 de dezembro, apenas para artistas do município que não tenham CD gravado. O candidato deve se dirigir ao Departamento de Cultura para se inscrever.

Nesta edição, o Festicampo está dividido em duas categorias: Infanto-Juvenil (até 16 anos) e Adulta (acima de 16 anos) e três modalidades: Gospel, MPB e Sertanejo.

No total, o Festicampo 2010 pagará uma premiação de R$ 7.300,00 para os ganhadores nas duas categorias e respectivas modalidades.

Maiores informações podem ser adquiridas com a Silvia Schneiders no Departamento de Cultura: 3904-2095 ou 9613-9548

Em 2011: Festival EncenArte de Cenas Curtas

Performance "Life House", apresentada no Femute 2010
pelo Grupo Jovem da Igreja Adventista do 7ª Dia

Durante o IX Festival Municipal de Teatro de Campo Novo do Parecis (Femute 2010), ocorrido entre os dias 25 e 27 de novembro, membros da diretoria do Teatro Ogan entenderam a necessidade de realizar um evento que envolvesse apenas esquetes e performances.

Daí surgiu a ideia do Festival EncenArte de Cenas Curtas, que deverá ocorrer em meados de maio de 2011, data do aniversário de 16 anos do Teatro Ogan, fundado em 1995.

A ideia ganhou corpo, principalmente, depois da apresentação da performance “Life House”, com o Grupo Jovem da Igreja Adventista do 7º Dia. A mensagem, apesar de curta, emocionou a todos e chamou a atenção de integrantes do grupo.

Para Van César, um dos fundadores do Ogan, o EncenArte 2011 abrirá espaço a grupos que possuem montagens curtas (esquetes) ou performances com músicas, movimentos, expressões, entre outros.

Desde já, os interessados podem começar a preparar seus trabalhos. O Teatro Ogan estará a disposição para acompanhar e apoiar as montagens.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

"Recomeçar" de Drummond - mensagem tema do IX Femute

"Hoje é um bom dia para recomeçar..."

Não importa onde você parou…
em que momento da vida você cansou…
o que importa é que sempre é possível e necessário “Recomeçar”.
Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo…
é renovar as esperanças na vida e o mais importante…
acreditar em você de novo.

Sofreu muito nesse período? foi aprendizado…
Chorou muito? foi limpeza da alma…
Ficou com raiva das pessoas? foi para perdoá-las um dia…
Sentiu-se só por diversas vezes? é porque fechaste a porta até para os anjos…
Acreditou que tudo estava perdido? era o início da tua melhora…

Pois é, agora é hora de reiniciar… de pensar na luz…
de encontrar prazer nas coisas simples de novo.
Que tal um corte de cabelo arrojado… diferente?
Um novo curso… ou aquele velho desejo de aprender a pintar… desenhar… dominar o computador… ou qualquer outra coisa…
Olha quanto desafio…
quanta coisa nova nesse mundão de meu Deus te esperando.
Tá se sentindo sozinho? besteira…
tem tanta gente que você afastou com o seu “período de isolamento”…
tem tanta gente esperando apenas um sorriso teu para “chegar” perto de você.
Quando nos trancamos na tristeza nem nós mesmos nos suportamos…
ficamos horríveis… o mal humor vai comendo nosso fígado…
até a boca fica amarga.

Recomeçar… hoje é um bom dia para começar novos desafios.
Onde você quer chegar?
ir alto… sonhe alto… queira o melhor do melhor…
queira coisas boas para a vida…
pensando assim trazemos prá nós aquilo que desejamos…
se pensamos pequeno… coisas pequenas teremos…
já se desejarmos fortemente o melhor e principalmente lutarmos pelo melhor…
o melhor vai se instalar na nossa vida.

E é hoje o dia da faxina mental…
joga fora tudo que te prende ao passado, ao mundinho de coisas tristes…
fotos… peças de roupa, papel de bala…
ingressos de cinema, bilhetes de viagens…
e toda aquela tranqueira que guardamos quando nos julgamos apaixonados…
jogue tudo fora…
mas principalmente esvazie seu coração…
fique pronto para a vida, para um novo amor…

Lembre-se somos apaixonáveis…
somos sempre capazes de amar muitas e muitas vezes…
afinal de contas… Nós somos o “Amor”…

” Porque sou do tamanho daquilo que vejo, e não do tamanho da minha altura.”

Femute 2010 apresenta nova safra de diretores


À esq. Larissa Gimenes (de regata) e á direita Edúh Gevizier

O espetáculo não pode parar. Apesar das dificuldades que a cultura camponovense, especialmente o teatro, enfrentou nos últimos anos, o show continua, e agora com “carinhas” novas, tanto em cena quanto na direção.

É o caso de Larissa Gimenes, Fábio Lima e Edúh Gevizier. Cada um apresentou nesta 9ª edição do Femute, uma proposta diferente, que acabou diversificando e tornando o festival mais competitivo e atrativo.

Larissa Gimenes dirigiu o Grupo Tra-la-lá, que apresentou o espetáculo “Dona Aranha Tontolina da teia de prata fina”, de autoria do camponovense Van César. Larissa agradou o júri e foi indicada ao prêmio de Melhor Direção.

Já Fábio Lima, agente cultural da Biblioteca Comunitária Ninho do Sol, aproveitou as crianças que movimentam seu espaço de trabalho e ensaiou a peça “Ploc, a borboleta mais linda que já vi”.

Edúh Gevizier, que integra o elenco do Teatro Ogan há três anos, também dirigiu uma peça pela primeira vez. Ele levou ao palco do IX Femute o espetáculo “Festa na Floresta”, que recebeu o prêmio de Melhor Cenário.

Apesar de ainda haver muito que melhorar, os três novos diretores ousaram e tiveram, acima de tudo, atitude. E o teatro camponovense, aliás, a cultura em si, precisa de pessoas ousadas e com atitude porque o espetáculo não pode nunca, nunca parar.

domingo, 28 de novembro de 2010

"Tempo de Recomeçar" é tema de IX Femute

Não podemos deixar que as cortinas se fechem!

Arte do V Femute - "Tempo de Comemorar!"

A 9ª edição do Festival Municipal de Teatro de Campo Novo do Parecis (Femute) teve como tema "Tempo de Recomeçar", que marca o momento cultural de nosso município neste ano de 2010. Desde a 4ª edição, o Femute contou com temas que conduziram as reflexões sobre a cultura camponovense, como é possivel acompanhar abaixo.

IV Femute: "Coração e Asas" - em 2002, o tema foi escolhido para conclamar a classe artística para voos mais altos na área da cultura, especialmente na luta por um espaço próprio para as apresentações.

Em 2003, o espaço que estava sendo construído para abrigar a Câmara Municipal de Vereadores e o espaço do Anfiteatro, que utilizou recursos financeiros da cultura, foram doados à Justica para abrigar a Comarca de nosso município. A classe artística foi proibida de utilizar o espaço pela Meritíssima Juiza de Direito Dra. Adair Julieta. Nesse ano de 2003 o Femute não aconteceu como forma de protesto pela situação enfrentada.

V Femute: "Tempo de Comemorar!" - em 2004 o tema foi unanime por definir a vitória da classe artística na conquista do direito de apresentar no Plenário do Fórum.

VI Femute: "...nas Mãos a Criação!" - no ano de 2005, o tema sugeria o momento de crise que o município e, naturalmente, o setor cultural enfrentava. Tempo de mudança do Departamento de Cultura para o espaço da sede da Associação de Moradores do Bairro Nossa Senhora Aparecida.

VII Femute: "Você aprende, um dia você aprende" - no ano de 2006, o tema fazia uma apologia aos menestréis, que na Idade Média utilizavam da criatividade para manter viva sua arte em cada praça, em cada rua, em cada vilarejo. Foi um dos anos mais difíceis para a cultura do município de Campo Novo do Parecis.

No ano de 2007, novamente o Femute não aconteceu. Foram realizadas duas Noites Teatrais para finalizar as atividades nessa área.

VIII Femute: "Chegando ao fim de todas as coisas" - o tema do ano de 2008 fazia uma alusão às mudanças políticas que seriam efetivadas em janeiro do ano seguinte. Momento de desestruturação da equipe que por 08 anos conduziu a cultura do município.

Em 2009 mais uma vez o Femute não aconteceu devido a exoneração de todos os instrutores de arte do Departamento de Cultura logo no início de novembro, incluindo-se a oficineira de teatro, que dirige grande parte dos grupos que participam do Festival de Teatro. As exonerações não chegaram a ser efetivadas, mas o fato impossibilitou que o Femute ocorresse, uma vez que as oficinas de arte foram encerradas e os grupos dispensados.

IX Femute - "Tempo de Recomeçar!"

IX Femute: "Tempo de Recomeçar" - a 9ª edição do Femute desse ano de 2010 faz uma alusão ao término do contrato de 05 anos entre a Prefeitura Municipal e a Associação de Moradores do Bairro Nossa Senhora Aparecida, que cede o espaço para que o Centro Cultural desenvolva suas atividades. Fica a dúvida no ar: o contrato será renovado?

Também cita o fato de que nesse ano foram buscados recursos junto à Senadora Serys Slhesarenko, que garantiu um montante de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) para dar início à construção do Centro Cultural. Nova dúvida: esses recursos serão realmente investidos na área cultural?

Ainda, que está sendo encaminhado à Câmara Municipal de Vereadores um Projeto de Lei que prevê a criação do Sistema Municipal de Cultura que organizará todo o setor cultural de Campo Novo do Parecis: criação do Centro Cultural, do Fundo Municipal de Incentivo à Cultura, dos Fóruns e Conferências Municipais de Cultura, do Sistema Municipal de Informações e Indicadores Culturais entre outros assuntos pertinentes à área cultural.

Resta saber se a classe artística, gestores públicos, legisladores e comunidade camponovense estarão acompanhando esse "recomeçar" da cultura de nosso município, sugerindo, criticando, opinando, mas principalmente, apoiando essa área que sempre foi deixada à margem de praticamente todas as administrações públicas de Campo Novo do Parecis.

Femute 2010: Revelação e 100 Critério são os vencedores

"O Pequeno Príncipe" e "As dez mais do córtex cerebral" se destacaram entre os demais espetáculos


"O Pequeno Príncipe"
Por Sílvia Schneiders

As dez mais do córtex cerebral
Por Sílvia Schneiders

Depois de três dias de apresentações, os melhores do IX Festival de Teatro de Campo Novo do Parecis (Femute 2010), foram conhecidos no final da noite deste sábado, 27 de novembro. Os grupos Revelação e 100 Critério levaram os prêmios de melhor espetáculo nas categorias Infanto-Juvenil e Adulto, respectivamente.

"Divas no Divã"
Por Sílvia Schneiders

O Grupo Revelação venceu na Categoria Infanto-Juvenil com a peça “O Pequeno Príncipe”, de Antoine de Saint-Exupéry. O espetáculo, dirigido por Fran Almeida, conquistou os jurados e levou grande parte dos prêmios, entre eles, o de Melhor Espetáculo, Melhor Direção e Melhor Atriz Coadjuvante (Larissa Pompermeyer).

O 100 Critério apresentou a peça “As dez mais do córtex cerebral”, de Cyrano Rosalém, e recebeu seis prêmios, inclusive o de Melhor Espetáculo Adulto, Melhor Direção (Karol Pego) e Melhor Ator (Fábio Júnior).

Confira abaixo a relação completa dos premiados:

Categoria Infanto-Juvenil

1º Melhor Espetáculo: “O Pequeno Príncipe” – Grupo Revelação
2º Melhor Espetáculo: “O lobo que era bobo” – Trupe Língua de Trapo
3º Melhor Espetáculo: “Dona Aranha Tontolina da teia de prata fina” – Grupo Trá-lá-lá
Melhor Ator: Fábio Lima – “O lobo que era bobo”
Melhor Atriz: Tália – “Branca de Neve e o outro lado da história”
Melhor Ator Coadjuvante: Michel – “O lobo que era bobo”
Melhor Atriz Coadjuvante: Larissa Pompermeyer – “O Pequeno Príncipe”
Ator Revelação: Guilherme – “Ploc, a borboleta mais linda que eu já vi”
Melhor Direção: Fran Almeida – “O Pequeno Príncipe”
Melhor Cenário: “Festa na Floresta”
Melhor Figurino: – “O Pequeno Príncipe”
Melhor Sonoplastia: – “O Pequeno Príncipe”
Melhor Maquiagem: – “O Pequeno Príncipe”

Categoria Adulto

1º Melhor Espetáculo: “As dez mais do córtex cerebral” – Grupo 100 Critério
2º Melhor Espetáculo: “Divas no Divã” – Grupo Revelação
3º Melhor Espetáculo: “Romeu, Julieta e a Sogra” – Grupo Em Cena
Melhor Ator: Fábio Júnior – “As dez mais do córtex cerebral”
Melhor Atriz: Franciele Almeida – “Divas no Divã”
Melhor Ator Coadjuvante: Paulo Renato – “Divas no Divã”
Melhor Atriz Coadjuvante: Larissa Pompermeyer – “Divas no Divã”
Melhor Direção: Karol Pego – “As dez mais do córtex cerebral”
Melhor Cenário: “As dez mais do córtex cerebral”
Melhor Figurino: – “Romeu, Julieta e a sogra”
Melhor Sonoplastia: – “As dez mais do córtex cerebral”
Melhor Maquiagem: – “As dez mais do córtex cerebral”
Texto Estreante: - “Romeu, Julieta e a sogra” – Cláudia Martins

Troféus Destaque

Além de premiar os melhores em cada categoria, o júri ainda ofereceu três troféus Destaque, a pessoas ou episódios que se destacaram nesta edição do Femute:

1- Dona Arlênia e seu Dito – Pais de atores e da diretora Fran Almeida, que se desdobraram nas últimas semanas apoiando os grupos na confecção de figurinos e cenários.

2- Escola Estadual Padre Arlindo (Grupo Vida) - Pela mensagem do texto “Professora Adriana”, sobre o respeito à vida, ao ser humano e a luta contra todas as formas de preconceito.

3- Ator Mirim André – Pela atuação na peça “Dona Aranha Tontolina da teia de prata fina”. André foi o narrador e conquistou o público com seu carisma e inocência.

“O bailarino” – Uma experimentação de clown

"A maquiagem de um Clown"
Por Sílvia Schneiders

Na busca pela inovação e utilização de outras linguagens teatrais, o ator e diretor do Teatro Ogan, Alexandre Rolim, trabalhou nos últimos meses o clown Plié, o que ele chama de “Experimentação Autodidata de Clown”.

Clique aqui e acesse o blogue do espetáculo.

O resultado do estudo foi apresentado na noite deste sábado, 27, no encerramento do IX Festival de Teatro de Campo Novo do Parecis (Femute 2010), com o espetáculo “O bailarino”.

"Plié"
Por Sílvia Schneiders

A linguagem clownesca é inédita no município e agradou o público que estava presente no Plenário do Fórum. A interação com a platéia, que deixou de ser apenas expectadora e passou a fazer parte do espetáculo, foi uma das principais características de “O bailarino”.

Outra peculiaridade é o fato de o ator fazer a própria maquiagem e na frente do público, conversando enquanto se metamorfoseia.

"Plié"
Por Sílvia Schneiders

O espetáculo conta a história de Plié, um rapaz com “vintepoucos” anos, que sempre quis fazer balé, mas depois de ser alvo de chacota na escola, aos 11 anos, desistiu da ideia e nunca mais conseguiu superar suas dificuldades com a dança.

No desenrolar da apresentação, Plié mostra seu subconsciente, seus desejos, seus medos, sua tristeza e alegria.

"Plié"
Por Sílvia Schneiders

A peça termina com a triste despedida de Plié, sentado onde tudo começou, retirando a maquiagem, voltando a se metamorfosear.

sábado, 27 de novembro de 2010

Revelação apresenta hoje “O Pequeno Príncipe” e “Divas no Divã”

Haverá ainda a apresentação especial do espetáculo “O bailarino”, com o Teatro Ogan


Ilustração de "O Pequeno Príncipe"


Fechando o terceiro e último dia do IX Festival de Teatro de Campo Novo do Parecis (Femute), o Grupo Revelação apresentará dois espetáculos, sendo um na categoria Infanto-Juvenil e o outro Adulto.

Às 15 horas será apresentado um dos maiores clássicos da literatura moderna, escrito por Antoine de Saint-Exupéry, “O Pequeno Príncipe”, de 1943, ganha uma roupagem especial na visão da diretora Francislaine Almeida.

À noite, a partir das 19h30, o mesmo grupo apresenta a peça brasileira “Divas no Divã”, de Chris Linnares, que conta a história de uma mulher com sucesso profissional e financeiro, porém solitária, insatisfeita e com baixa auto-estima.

A personagem alimenta o desejo secreto de ser igual a uma Diva, uma personagem dos filmes românticos.

Fechando a última noite do Femute 2010, o ator Alexandre Rolim, do Teatro Ogan, apresentará o inédito “O bailarino”, peça de linguagem clownesca, que faz parte de uma experimentação autodidata de Clown.

O espetáculo conta a história de Plié, um rapaz com “vintepoucos” anos, que sempre quis fazer balé, mas depois de ser alvo de chacota na escola, aos 11 anos, desistiu da ideia e nunca mais conseguiu superar suas dificuldades com a dança.

Logo após “O bailarino” ocorrerá a premiação dos melhores nas duas categorias.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Femute segue hoje com mais cinco espetáculos


Trupe Língua de Trapo no espetáculo "O Lobo que era Bobo"

Dando sequencia a programação do IX Festival Municipal de Teatro de Campo Novo do Parecis (Femute 2010), hoje, sexta-feira, 26, acontecem mais cinco apresentações no Plenário do Fórum, sendo quatro na categoria Infanto-Juvenil e uma Adulto.

As 14 horas sobe no palco o grupo Ninho do Sol, das oficinas do Ponto de Cultura homônimo, que apresenta a peça “Ploc, a borboleta mais linda que eu já vi”, dirigida pelo agente cultural Fábio Lima.

Na sequencia será a vez do Grupo Vida, que encena o espetáculo “Professora Adriana”. O grupo representa a Escola Estadual Padre Arlindo, que também apresenta em seguida, com o grupo Ler Teatrando, a peça “A Feiurinha”, de autoria de Pedro Bandeira.

No período noturno, a partir das 19h30, será a vez dos atores do grupo Encantados mostrarem seu talento. Eles apresentam o espetáculo “Branca de Neve e o outro lado da história”, dirigido por Fran Almeida.

E fechando a programação desta sexta, o Grupo 100 Critérios, apresenta a peça “As dez mais do Córtex Cerebral”, de autoria de Cyrano Rosalém e dirigido por Karol Pego. Esta última peça concorre na categoria Adulto.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Duas peças abrem o IX Femute 2010 nesta tarde


Dois espetáculos infantis abrem logo mais, as 14 horas, a IX edição do Festival Municipal de Teatro de Campo Novo do Parecis (Femute CNP 2010).

O Grupo Tra-la-lá, do Centro Cultural, abrirá as apresentações com o espetáculo "Dona Aranha Tontolina da teia de prata fina", de autoria de Van César e direção de Larissa Gimenes.

Sinopse:
“A Dona Aranha está muito triste porque gostaria de tecer uma teia diferente. Então ela foi procurar ajuda de um Lorde nada legal. O que será que vai acontecer?”

Em seguida se apresenta a Trupe Língua de Trapo, do Ponto de Cultura Ninho do Sol, com a peça “O lobo que era bobo”, de autoria do dramaturgo matogrossense Wanderson Lana e direção de Fran Almeida.

Sinopse:
“E agora? Qual será a saída? As únicas esperanças são a Bruxa e o Esperto. Se eles não conseguirem, a história da Chapeuzinho Vermelho pode deixar de existir”.

À noite:
Dois grupos se apresentam a partir das 19h30 da noite de hoje. Primeiro a Cia TrupeKey, com a peça “Festa na Floresta”, sob a direção de Edúh Gevizier. O espetáculo concorre na categoria Infanto-juvenil.

Logo em seguida será a vez do grupo Em Cena, da Escola Municipal Antônio Pereira. O grupo apresenta a peça “Romeu, Julieta e a Sogra”, de autoria e direção de Cláudia Martins. Esta peça concorre na categoria Adulto.

Ninho do Sol apresenta dois espetáculos no Femute


Trupe Língua de Trapo, que apresentará o espetáculo "O lobo que era bobo"

Dois grupos de Teatro do Ponto de Cultura Ninho do Sol se apresentam nesta edição do Festival Municipal de Teatro (Femute 2010).

Na tarde de hoje, quinta-feira, 25, a partir das 14 horas, a Trupe Língua de Trapo apresenta o espetáculo “O lobo que era bobo”, de autoria do dramaturgo matogrossense Wanderson Lana, e dirigido por Fran Almeida.

Já na tarde dessa sexta-feira, 26, no mesmo horário, o Grupo de Teatro Ninho do Sol, da Biblioteca Comunitária do Ponto de Cultura, apresenta a peça “Ploc, a borboleta mais linda que eu já vi”, de autoria de Roberto Villani, e dirigida pelo Agente Cultural, Fábio Lima.

Ambos os espetáculos concorrem na categoria infanto-juvenil.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Teatro de Mato Grosso: vamos à luta!


É hora de agir com o mesmo entusiasmo que apresentamos nos palcos!

Aconteceu no último domingo, dia 22 de novembro, no Museu de Arte Sacra em Cuiabá, uma reunião do Movimento de Teatro. Apesar da ausência, o Teatro Ogan, de Campo Novo do Parecis, apóia as decisões tomadas pelo grupo e defende a união da classe para acudir os “teatreiros” matogrossenses, que apesar de lutadores, estão sendo desrespeitados.

Tal encontro foi pautado pelos seguintes temas: Plano Setorial de Teatro para Mato Grosso, Federação Matogrossense de Artes Cênicas (Femac), SATED e, especialmente, eleições para o Conselho Estadual de Cultura.

Sobre as eleições do Conselho Estadual de Cultura 2011-2013, foi explanada a atual situação que se encontra o processo. De acordo com matéria divulgada pelo Movimento de Teatro o método de escolha de novos conselheiros “está sendo feita de forma impositiva e muito longe de ser democrática”.

“O atual conselho decidiu executar uma eleição da forma que melhor lhes convinham, sem uma consulta a classe. Dessa forma muitos problemas foram verificados no edital da eleição, como por exemplo a forma de eleição por chapa, tanto dos delegados como dos conselheiros, os teatreiros presentes na reunião acham em consenso, que essa forma de eleição, no "tudo ou nada" é muito ruim e até inconstitucional”, diz a matéria.

Para poder burlar essa estratégia foi feito um planejamento de atuação do Movimento de Teatro nessa eleição. Dessa forma, todos os teatreiros do estado estão sendo convocados a se cadastrarem no Cadastro de Integrante da Classe Artística como agentes culturais, pois somente assim poderão participar votando ou sendo votados.

Para se cadastrar, o agente cultural deverá preencher uma ficha que está disponível no site da Secretária de Cultura.

Para o cadastro, deve-se juntar documentos que comprovem sua atuação, seja através de clipping, fotos, vídeo, materiais gráficos, entre outros. Deverá também comprovar residência no estado há pelo menos 24 meses, através de contas de luz, água ou telefone, sendo uma atual e outra de 2 anos (exatos) atrás.

O Movimento conclama todos os artistas: “Se você conhece alguém de qualquer município do estado que tenha esse perfil, ajude-nos a aumentar a força das artes cênicas, convocando essa pessoa a fazer seu cadastro”.

E propõe a criação de um cadastramento online de teatreiros: “Foi sugerido que façamos uma tentativa de levantamento e cadastramento dos fazedores de teatro do estado através de um cadastro online, dessa forma tentando ter uma cartografia mais clara de quem faz, pensa ou colabora com o teatro em nosso estado. Esse formulário será feito pela comissão e estará disponível através de um link.

Também foi sugerido que todos coloquem um banner eletrônico em seus blogs, difundindo assim o levantamento.

O Teatro Ogan é parceiro dessa iniciativa e quer se fazer presente nos próximos encontros do Movimento de Teatro, pois acredita que o respeito só se adquire quando há a união da classe.

Estaremos difundindo as ideias acima, pois cremos que é hora de agir com o mesmo entusiasmo que apresentamos nos palcos.

Por Alexandre Rolim
Com informações de Jan Moura

Campo Novo do Parecis funda Associação de Cultura Italiana


Darci Barison e sua esposa, senhora Apolônia

O dia 10 de novembro de 2010 marca a data de fundação da Associação Italiana de Campo Novo do Parecis, com o objetivo de estudar a língua e a cultura italiana, o intercâmbio cultural entre Brasil e Itália e a realização de atividades culturais, sociais e recreativas no município.

A assembléia de fundação foi presidida pelo ex-prefeito Sergio Stefanello, o qual conduziu os trabalhos da noite até a leitura e aprovação do Estatuto e a votação da Diretoria e do Conselho Fiscal. A Primeira Diretoria e o primeiro Conselho Fiscal da Associação Italiana de Campo Novo do Parecis foi eleita e é composta pelos seguintes membros:

Presidente: Darci Barison
Vice-Presidente: Nair Tomazelli
1º Secretário: Luiz Carlos Koskoday
2ª Secretária: Luciane Matos
1º Tesoureiro: Gilmar Tessaro
2º Tesoureiro: Ernesto Pagliari

Conselho Fiscal Titular: Jaime Martelli
Conselho Fiscal Titular: Moacir Graziola – Barão
Conselho Fiscal Titular: Neide João Pizzuti
Conselho Fiscal Titular: Ari Pedro Zago
Conselho Fiscal Titular: João Francisco Dallepiane – Chico

A Associação tem sua sede localizada na Rua Rio Branco nº. 744 NE, Bairro Nossa Senhora Aparecida, sala anexa a Associação Comercial e Industrial de Campo Novo do Parecis (Acic).
O presidente eleito, Darci Barison, demonstrou conhecimento sobre os antepassados italianos quando chegaram ao Brasil e a sua trajetória em nosso país e destacou a importância desta Associação em Campo Novo.

“Há tempos que venho lutando para montar a associação para, além de todas as ações que pretendemos desenvolver, passar para das futuras gerações o legado de luta e coragem dos imigrantes italianos, pois se hoje nós, descendentes de italianos estamos aqui, foi por que nossos ancestrais batalharam muito no passado, tendo que abandonar sua terra natal e começar a vida do zero em outro país, outra cultura”, disse.

IX Femute: "Tempo de Recomeçar!"


"Tempo de Recomeçar"
Arte de Sílvia Schneiders

Começa amanhã, dia 25 de novembro de 2010, no Plenário do Fórum, a 9ª edição do Festival Municipal de Teatro. Concorrerão ao troféu "Paresí de Teatro" 13 espetáculos inscritos e 02 apresentações convidadas.

Dos treze espetáculos, três concorrem na Categoria Adulto e dez na Categoria Infanto-Juvenil.

Acompanhe o Cronograma de apresentações e participe!

Dia 25.11 - quinta-feira: 14h

Grupo Tra-la-lá
Espetáculo: Dona Aranha Tontolina da teia de prata fina
Categoria Infanto-Juvenil

Trupe Língua de Trapo
Espetáculo: O lobo que era bobo
Categoria Infanto-Juvenil

Dia 25.11 - quinta-feira: 19h30

Cia de Teatro TrupeKey
Espetáculo: Festa na Floresta
Categoria Infanto-Juvenil


Grupo Em Cena
Espetáculo: Romeu , Julieta e a Sogra
Categoria Adulto

Grupo Jovem da Igreja Adventista do 7º Dia (convidado)
Performance: Life House

Dia 26.11 - sexta-feira: 8h

Grupo Fantásticos
Espetáculo: Chapeuzinho Vermelho
Categoria Infanto-Juvenil

Grupo Aplauso
Espetáculo: Eu chovo, tu choves, ele chove
Categoria Infanto-Juvenil

Dia 26.11 - sexta-feira: 14h

Grupo Ninho do Sol
Espetáculo: Ploc, a borboleta mais linda que eu já vi
Categoria Infanto-Juvenil

Grupo Vida
Espetáculo: Professora Adriana
Categoria Infanto-Juvenil

Grupo Ler Teatrando
Espetáculo: A Feiurinha
Categoria Infanto-Juvenil

Dia 26.11 - sexta-feira: 19h30

Grupo Encantados
Espetáculo: Branca de Neve e o outro lado da história
Categoria Infanto-Juvenil


Grupo 100 Critérios
Espetáculo: As dez mais do Córtex Cerebral
Categoria Adulto

Dia 27.11 - sábado: 15h

Grupo Revelação
Espetáculo: O Pequeno Príncipe
Categoria Infanto-Juvenil

Dia 27.11 - sábado: 19h30

Grupo Revelação
Espetáculo: Divas no Divã
Categoria Adulto

Teatro Ogan
Espetáculo convidado: O bailarino

Premiação do IX Femute 2010.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

IX Femute: as cortinas abrem-se na quinta

Está tudo pronto para a 9ª edição do Femute, o Festival Municipal de Teatro de Campo Novo do Parecis.

Promovido pelo Teatro Ogan em parceria com o Departamento de Cultura da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, com total apoio da Secretaria Municipal de Trabalho e Ação Social e do Governo Municipal, o IX Femute agrega grupos e cias de teatro que atuam no Centro Cultural, Ponto de Cultura Ninho do Sol, Projeto Aplauso, escolas, entidades e grupos independentes.

Os espetáculos concorrentes serão avaliados por um Corpo de Jurados com conhecimento técnico nas mais diversas áreas do teatro. Serão premiados com o troféu "Paresí de Teatro" as seguintes categorias:
1º Melhor Espetáculo;
2º Melhor Espetáculo;
3º Melhor Espetáculo;
Melhor Ator;
Melhor Atriz;
Melhor Ator Coadjuvante;
Melhor Atriz Coadjuvante;
Melhor Direção;
Melhor Cenário;
Melhor Figurino;
Melhor Maquiagem;
Melhor Sonoplastia;
Melhor Iluminação.

Será premiado ainda o Melhor Espetáculo do Júri Popular e o Melhor Texto Teatral Estreante. Ao todo serão 15 apresentações nos três dias do festival, que acontecerá no Plenário do Fórum, com espetáculos às 8h, 14h e 19h30. O ingresso é simbólico: apenas R$ 2,00.

Prestigie! Vá ao Teatro!

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

VII Festival Parecis de Danças: Oficineira do Ninho do Sol é escolhida Melhor Dançarina Profissional


Karin Nina Orso recebendo troféu de Melhor Dançarina

A oficineira Karin Nina Orso, do Ponto de Cultura Ninho do Sol, iniciativa do Teatro Ogan, foi escolhida como a Melhor Dançarina na categoria Estilo Livre Profissional do VII Festival Parecis de Danças, ocorrido entre os dias 16 e 18 de novembro, em Campo Novo do Parecis.

Karin Nina conseguiu o prêmio após o belo desempenho apresentado na coreografia de Tango: “Dois Corações”, de Franciele Almeida, apresentado pela Cia Lua Negra.


Assista a um trecho da coreografia

A dançarina é oficineira de Balé e Dança do Ventre do Ponto de Cultura Ninho Sol e atende aprendizes, a partir dos 02 anos de idade, na Sede do Ponto e Distrito Marechal Rondon.

VII Festival Parecis de Danças é sucesso absoluto


Grupo Unidade Black
Melhor Coreografia Estilo Livre Profissional

Terminou na noite de ontem, quinta-feira, 18, no Plenário do Fórum, a 7ª Edição do Festival Parecis de Danças. Em três noites de pura adrenalina e criatividade, subiram ao palco cerca de 40 grupos e companhias de dança de Campo Novo do Parecis, além da participação especial dos grupos Academia La Skalla, de São José do Rio Claro e D’Dance, de Denise.

O corpo de avaliadores foi composto pela bailarina e coreógrafa Márcia Aparecida Alexandre, da Academia La Skalla, de São José do Rio Claro, pela bailarina Francieli dos Santos, professora de danças de Nova Mutum e Dalva Kolskoday, bailarina e professora da Escola Nossa Senhora Aparecida.

Uma das particularidades desta edição do evento foi a multiplicidade de modalidades. O público, que lotou o espaço durante os três dias, assistiu apresentações de balé, dança de rua, dança do ventre, tango, danças folclóricas, estilo livre, danças de salão, axé, entre outras.

Destaque a coreografia Fúria Negra, do coreógrafo Weleton Soares, do Grupo Unidade Black, escolhida pelo júri técnico como a Melhor Coreografia da categoria Estilo Livre Profissional.

Veja abaixo a relação de premiados:

Categoria Infanto-Juvenil
Modalidade Balé
1º Lugar
Grupo Amanhecer
Coreógrafa: Franciele Almeida
Coreografia: Redescobrindo as Estrelas

2º Lugar
Grupo Madre Luna
Coreógrafa: Franciele Almeida
Coreografia: Paparazzi

Categoria Infanto-Juvenil
Modalidade Danças do Ventre
1º Lugar
Grupo Rosas de Shairoom
Coreógrafa: Franciele Almeida
Coreografia: Shara

2º Lugar
Grupo Rosas de Shairoom
Coreógrafa: Franciele Almeida
Coreografia: Shime

Categoria Infanto-Juvenil
Modalidade Danças de Rua
1º Lugar
Grupo Almas
Coreógrafa: Franciele Almeida
Coreografia: Acredite

2º Lugar
Grupo Amanhecer
Coreógrafa: Franciele Almeida
Coreografia: Music

Categoria Adulto
Modalidade Balé
1º Lugar
Grupo Madre Luna
Coreógrafa: Franciele Almeida
Coreografia: Gataria

2º Lugar
Grupo Luar
Coreógrafa: Franciele Almeida
Coreografia: I Look To You

Categoria Adulto
Modalidade Danças do Ventre
1º Lugar
Grupo Helluá
Coreógrafa: Franciele Almeida
Coreografia: Oázis


2º Lugar
Grupo Tempestade
Coreógrafa: Franciele Almeida
Coreografia: Tempestade no Deserto

Categoria Adulto
Modalidade Estilo Livre
1º Lugar
Grupo Khalili
Coreógrafo: Franciele Almeida
Coreografia: Ennalniti

2º Lugar
Grupo Fans Station
Coreógrafo: Weleton Soares
Coreografia: Sthill United

Categoria Adulto
Modalidade Danças Folclóricas
1º Lugar
Grupo Invernada Artística José Brum
Coreógrafo: Anderson Luiz da Costa
Coreografia: Tatu com Volta no Meio

2º Lugar
Grupo Carlos Gardel
Coreógrafa: Franciele Almeida
Coreografia: Conquiste

Categoria Adulto
Modaidade Estilo Livre Profissional
1º Lugar
Grupo Unidade Black
Coreógrafo: Weleton Soares
Coreografia: Fúria Negra

2º Lugar
Grupo Carlos Gardel
Coreógrafa: Franciele Almeida
Coreografia: Dois Corações

Melhor Coreografia – Categoria Infanto Juvenil
Grupo Amanhecer
Coreógrafa: Franciele Almeida
Coreografia: Redescobrindo as Estrelas

Melhor Coreografia – Categoria Adulto
Oficinas de Dança do Ventre do Centro Cultural
Grupo Khalili
Coreógrafo: Franciele Almeida
Coreografia: Ennalniti

Melhor Coreografia – Modalidade Estilo Livre Profissional
Oficinas de Dança de Rua do Centro Cultural
Grupo Unidade Black
Coreógrafo: Weleton Soares
Coreografia: Fúria Negra

Melhor Dançarina – Infanto Juvenil
Laizy Nascimento Santos – Projeto Aplauso

Melhor Dançarino – Infanto Juvenil
Maurício Moraes Calegaro – Centro Cultural

Melhor Dançarina – Adulto
Bruna Jakeline Sales – Centro Cultural

Melhor Dançarino – Adulto
Pedro Henrique Boniatti – CTG Porteira da Tradição

Melhor Dançarina – Estilo Livre Profissional
Karin Nina Orso – Ponto de Cultura Ninho do Sol

Melhor Dançarino – Estilo Livre Profissional
Johnie Patrício – Centro Cultural

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Diretor do Ogan é eleito presidente do Conselho Municipal de Cultura


Alexandre Rolim - Diretor Presidente do Teatro Ogan

Foi eleita na manhã desta quarta-feira, 17, a diretoria 2010/2012 do Conselho Municipal de Cultura de Campo Novo do Parecis. O diretor presidente do Teatro Ogan, Alexandre Rolim de Morais, foi escolhido por unanimidade como presidente. A coordenadora da Invernada Artística José Brum, do CTG Porteira da Tradição, Salete Sá da Rocha, ficou como vice presidente.

Vanderlei Guollo, Diretor Municipal de Cultura, foi definido como secretário executivo do Conselho.

Na ocasião, foram apresentados os seis conselheiros indicados pelo prefeito Mauro Berft (PMDB). São eles:
1ª Titular: Maria Irilene Ewerling – Economia da Cultura Suplente: Rogério Tauchert – Cultura Digital

2ª Titular: Clarice Sachetti Dalsolio – Preservação da Memória e Literatura Suplente: Anderson Luiz da Costa – Dança

3ª Titular: Miriam Kazaizokairo – Cultura Indígena Suplente: Jaime Martelli – Cultura Italiana

Também na reunião foram definidas as Comissões Temáticas formadas por quatro integrantes cada, divididas em:
Literatura e Música: Sebastião Pedro da Vitória, João Carlos Gehring Júnior, Weber Luiz Benedito e Clarisse Sachetti Dal’solio;

Artes Cênicas e Audiovisual: Eduardo da Silva, Anderson Luis da Costa, Sílvia Schneiders e Rogério Tauchert;

Patrimônio Cultural: Mirian Kazaizokairo, Jaime Martelli, Carlito Ferreira e Oziel Souza de Matos;

Artes Plásticas: Cristiane Paz Maciel, Maria Neta Sales de Morais, Bernardete de Lourdes Guollo e Maria Irilene Ewerling. Após a eleição e a formação das quatro comissões, passou-se a discutir sobre o Sistema Municipal de Cultura, em processo de elaboração, que estará organizando toda a estrutura administrativa da cultura no município.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Teatro Ogan compõe o Conselho Municipal de Cultura

O Teatro Ogan é uma das entidades que compõe a gestão 2010/2012 do Conselho Municipal de Cultura, eleito no último dia 13 de novembro, sábado, no Plenário da Câmara Municipal de Vereadores.

Compete ao Conselho Municipal de Cultura acompanhar, fiscalizar, propor, deliberar sobre a política municipal de cultura, isto é, todas as decisões políticas relacionadas ao setor no município, são discutidas e aprovadas pelos conselheiros.

O Conselho é composto por dezoito integrantes, sendo nove titulares e nove suplentes.

Destes, doze são eleitos, sendo seis representantes da sociedade civil organizada e seis da classe artística.

O Governo Municipal indica os outros seis conselheiros.

Ele deve ser composto de forma paritária, ou seja, deve possuir no máximo nove componentes funcionários públicos.

Na eleição do último sábado foram escolhidos seis representantes da Classe Artística e seis Entidades, sendo que o Teatro Ogan foi um dos eleitos para representatividade desta última. O ator Edúh Gevizier, que compõe a trupe, foi um dos eleitos para representar a classe artística na área do teatro.

Na próxima semana, o prefeito Mauro Berft (PMDB) deve indicar os outros seis componentes.

Os conselheiros eleitos devem se reunir nesta quarta-feira, 17, para eleger a nova diretoria e decidir sobre outros assuntos.

Veja abaixo os conselheiros já eleitos:

Representantes dos Produtores Culturais:
1° Titular: Sebastião Pedro da Vitória – Música
Suplente: Eduardo da Silva – Teatro

2ª Titular: Sílvia Regina Schneiders – Audiovisual
Suplente: Maria Neta Sales de Almeida Morais – Artesanato

3ª Titular: Cristiane Andréia Pinto Paz Maciel – Artes Plásticas
Suplente: Bernardete de Lourdes Guollo – Artesanato


Representantes da Sociedade Civil Organizada:
1° Titular: Lions Clube – Weber Luiz Benedito
Suplente: Rotary Club – Oziel Souza de Matos

2° Titular: Grupo de Teatro Ogan – Alexandre Marcos Rolim de Morais
Suplente: Clube do Rock – João Carlos Gehring Júnior


3ª Titular: CTG Porteira da Tradição: Salete Sá da Rocha
Suplente: Centro Cultural Aruandê Capoeira: Carlito Ferreira do Nascimento.

sábado, 6 de novembro de 2010

Tangará da Serra recebe 1º Festival na Roda do Cururu e Siriri

"Os Pássaros Tangarás"

A cultura popular mato-grossense, especificamente o Cururu e o Siriri, está se consolidando e conquistando seu espaço, principalmente em cidades ribeirinhas nas quais possuem vários representantes dessas manifestações, como Cuiabá e Santo Antônio do Leverger. O Festival de Cururu e Siriri contribui muito para o fortalecimento dessa cultura, especialmente em Cuiabá. Entretanto, é necessário disseminar essa cultura para as demais regiões do Estado.

Nesse contexto, o município de Tangará da Serra se prepara para receber o 1º Festival na Roda do Cururu e Siriri. O evento, realizado pela Associação Folclórica de Tangará da Serra e o Ponto de Cultura Arte que Transforma, acontece entre os dias 19 e 21 de novembro e tem o objetivo de disseminar a cultura popular mato-grossense por meio das principais manifestações como o cururu e o siriri para as cidades da região Médio-Norte do Estado.

Música, dança, teatro, capoeira e diversos grupos de cururu e siriri de todo o Estado irão se apresentar durante os três dias no módulo esportivo, localizado próximo a Escola Pública Estadual 13 de maio, no centro da cidade. Entre os grupos já confirmados estão: o Teatro Experimental (Alta Floresta), os grupo de siriri Os Pássaros Tangará (Tangará da Serra), Pixé (Nova Mutum), Renascer do Vale Verde (Santo Antônio do Leverger), Flor Ribeirinha (Cuiabá), Passo Miudinho (Várzea Grande), Raiz da Figueira (Barra do Bugres), o grupo quilombola de Livramento, o Teatro Ogan (Campo Novo do Parecis), o grupo Mamulengo Sem Fronteiras (Distrito Federal), Forró pé de serra, Zé do pife e as juvelinas de DF, e Roberto Lucialdo com o rasqueado Cuiabano.

Segundo a coordenadora do Ponto de Cultura Arte que Transforma, Joeli Siqueira Milhorança, esse festival é importante por estimular a difusão e descentralização da cultura de raiz. “Dar oportunidade aos grupos de Cururu e Siriri demonstrar a especificidade cultural de sua comunidade, estimular a troca de experiências entre os mestres da cultura popular, além de sensibilizar a sociedade para a importância de se preservar, conservar e manter viva essa tradição”, afirma.

Outra atividade que faz parte da programação do 1º Festival na Roda do Cururu e Siriri é a 1ª Mostra dos Pontos do Mato. Trata-se da exposição dos produtos que são confeccionados e desenvolvidos pelos Pontos de Cultura de todo o Estado. Mato Grosso possui atualmente 40 Pontos e todos estão convidados a participar da mostra. Além disso, em alusão ao Dia Nacional da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, haverá um concurso para escolher o negro mais bonito e a negra mais bonita da Escola Escola Antonio Casa Grande do Projeto da Diversidade cultura (Ceja).

O 1º Festival na Roda do Cururu e Siriri conta com apoio da Fundação Nacional da Arte (Funarte), Ministério da Cultura (MinC), Governo Federal, Governo Estadual, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Governo Municipal de Tangará da Serra, por meio da Secretaria de Educação e Cultura de Tangará da Serra e o jornal Diário da Serra.

Com Assessoria e Diário de Cuiabá

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Biblioteca Comunitária realiza oficina de Arte com Balões



A Biblioteca Comunitária Ninho do Sol recuou aos tempos mais nostálgicos em que ficávamos maravilhados com as esculturas de balões e está realizando Oficina de Arte com Balões.

A arte de dobrar balões, de os transformar em fantásticas personagens, bichos e plantas encanta até mesmo os mais racionais e se engana aquele que pensa que é fácil, pois essa não é propriamente uma das artes mais simples de se dominar sendo também uma das mais encantadoras formas de expressão artística que o mundo possui.



A "Arte com balões" surgiu nos EUA há mais de 50 anos, onde os profissionais e os fabricantes se uniram para transformar esta arte em uma atividade profissional, com técnicas, certificações, congressos e a definição clara dos mercados existentes. Surgiram leis pela segurança na atividade e regras de conduta com relação à ética. No Brasil surgiu em 1994 inicialmente na cidade de Rio de Janeiro e ganhando uma força muito grande em 1996 na cidade de São Paulo e o resto do país.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Teatro Infantil: Mostra Internacional ocorre entre 10 e 15 de novembro em Cuiabá


Divulgação do Evento

Cuiabá será a capital brasileira do teatro infantil a partir do dia 10 de novembro de 2010. Os holofotes do teatro infantil latino-americano estarão voltados para o estacionamento do Pantanal Shopping, pois acontece até o dia 15 de novembro a Mostra Internacional de Teatro Infantil (Miti/Cuiabá).



Espetáculo: Eu chovo, tú choves, ele chove... da Cia. Spirits de Juína

O evento, patrocinado pela Caixa Econômica Federal, reunirá sete grupos e companhias de Teatro de Mato Grosso, regiões Centro-Oeste e Sudeste do Brasil, além de uma atração internacional, direto da Argentina.

De Mato Grosso participa da Miti o Teatro Mosaico, de Cuiabá, com a peça Romeu e Julieta e a Cia. Spirits, de Juína, com a peça Eu chovo, Tú Choves, Ele Chove...

Para maiores informações acesse o site da Miti, clicando aqui!

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Olimpíada de Língua Portuguesa: Camponovenses participam da semifinal em Curitiba


Estudante Bruno Herklotz e Professora Elizandra da Silva Souza

O estudante da Escola Municipal 04 de Julho, de Campo Novo do Parecis, Bruno Herklotz, e a professora Elizandra da Silva Souza, participam a partir desta terça-feira, 02, até sexta-feira, 05, da semifinal da “Olimpíada de Língua Portuguesa - Escrevendo o Futuro”, no gênero Crônica, na cidade de Curitiba, capital do Paraná.

A semifinal reúne, além dos camponovenses, outras três duplas matogrossenses: Marcos Adriano Alves e o professor Ocivaldo Bezerra de Brito, de Confresa; Tainara Cristovão Aguiar e a professora Ana Dirce Mendonça, de Pedra Preta; e Milene Cristina Alves Cantor e o professor Sidinei de Oliveira Cardoso, de Sinop.

Nesta etapa, professores e alunos de todos os estados do Brasil, participarão de ações de formação, como oficinas de leitura e escrita, e atividades culturais, como visitas a pontos turísticos.

Todos receberão medalhas de bronze e poderão escolher livros em uma livraria montada especialmente para eles. Além disso, na noite de sexta-feira, dia 5, participarão da cerimônia de premiação regional, quando serão anunciados os 38 finalistas, que seguirão para a etapa nacional, em Brasília, na qual serão conhecidos os 20 vencedores da Olimpíada.

O programa é uma iniciativa do Ministério da Educação e da Fundação Itaú Social, sob coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec). O objetivo é contribuir para a formação de professores tendo em vista a melhoria do ensino da leitura e escrita nas escolas públicas brasileiras.

domingo, 31 de outubro de 2010

Cuiabá sedia Festival Consciência Hip Hop em novembro


Divulgação do Festival Consciência Hip Hop 2010

O “Festival Consciência Hip Hop – A Cultura que Mistura”, promovido há seis anos pela Central Única das Favelas de Mato Grosso (Cufa/MT), marcará a inauguração do Centro Esportivo Cultural Cufa e realizará a etapa final do maior campeonato de break do país, além de atender a pedidos e trazer novidades ao público com shows de rap.

Tudo isso acontecerá entre os dias 18 e 20 de novembro no próprio Centro Esportivo Cultural, a partir das 19 horas.

O Consciência Hip Hop, o maior do segmento da região Centro Oeste, quer presentear a comunidade, que vem ocupando cada vez mais espaço no Centro Esportivo Cultural Cufa, contribuindo com o objetivo da instituição, que é o de promover o desenvolvimento humano e social das comunidades em desvantagem social.

O Festival configura-se como topo da cadeia produtiva do Hip Hop e mantém a função de estimular a circulação, distribuição e consumo de artistas e agentes culturais envolvidos com essa linguagem. Assim, traz em sua programação artistas como rapper Kamau e Arcanjo Ras, (SP) figuras renomadas no circuito independente do Hip Hop e que são exigências do público do festival. Ras se apresentará pela segunda vez em Cuiabá.

Quem também se apresentará no palco do festival é o rapper Lindomar 3L e o grupo Manos de Responsa, de Uberlandia (MG), duas grandes novidades. Ambos têm a metodologia de trabalho na qual os próprios artistas se encarregam de produzir e circular o grupo, e de quebra ainda contribuem para o desenvolvimento da cadeia produtiva do Hip Hop. Artistas locais também terão espaço garantido, como a “Comissão”, grupo de rappers do Bairro São João Del Rey, Mano Cezza, grupo Demostro de Rondonóplis, Mano Careca, Favela Crew e Naipe Black.

O maior campeonato de break do país

Festival contará com etapa do maior campeonato de break do Brasil

A CUFA realiza pelo segundo ano consecutivo o maior campeonato de break do país, e em 2010, Cuiabá foi à cidade escolhida para receber e prestigiar os melhores dançarinos do segmento. Trata-se do Bradan (Brasil Break Dance), um campeonato criado para dar visibilidade que o break e os dançarinos merecem.

No dia 19 de novembro, dançarinos de todo o país vão competir no Centro Esportivo Cultural CUFA, a partir das 19 horas.

Os dançarinos que ficarem em 1º lugar no Bradan, levarão consigo a quantia de R$ 1000, os classificados em 2º lugar, R$ 750 e os que ficarem em 3º, serão premiados com R$ 500. Todos levarão troféus e medalhas para casa. O campeonato também conta com a parceria da marca preferida de b.boys e b.girls, Jonny Size, do cantor Falcão do grupo Rappa, que produziu modelos de camisetas exclusivos para o Bradan.

Comunidade no Cinema:
Quem for ao Festival Consciência Hip Hop, poderá ainda, assistir a filmes com temáticas da Cultura Negra, Hip Hop e Favela. A mostra de vídeos será feita nos dias 19 e 20 de novembro no Centro Esportivo, com o objetivo de democratizar o acesso ao cinema e áudio visual na comunidade.

Por Fernanda Quevedo/Cufa-MT

Vídeoarte - etanóis, com poesia de Fernando Anitelli



O que é videoarte?

É uma forma de expressão artística na qual o vídeo é o elemento principal. Supõe uma nova linguagem, uma nova interrelação entre imagem e espectador, em que a primeira sai da tela para interagir com o resto do meio, integrando as imagens junto aos demais elementos que a formam.

Ajudado pelas novas tecnologias, esta arte consegue projetar as imagens além do monitor e para diferentes direções, no qual as projeções fazem parte.

Surgiu na década de sessenta, como meio artístico, num contexto no qual os artistas procuravam uma arte contrária à comercial. Entre seus princípios está a crítica à televisão, a qual representa, em certo modo, a cultura atual. Durante os anos oitenta, as imagens utilizadas por esta arte procuram provocar na audiência estados anímicos e evocar sensações.

Na atualidade, os avanços da tecnologia permitem ampliar o leque de suas possibilidades criativas.

sábado, 30 de outubro de 2010

Festa a fantasia - Café Viola

Kit pedagógico do Projeto Pixaim será distribuído a escolas públicas

Penteados afro: umas das ações do Ponto de Cultura Pixaim

Colocar em prática a Lei 10.639/03, que obriga as escolas a tratarem da História da África e da contribuição dos negros na formação da sociedade brasileira, ainda é um desafio para muitos educadores. Uma das dificuldades apontadas é a falta de materiais específicos e de uma linguagem que atraia o aluno.

Seis escolas de Cuiabá e Várzea Grande passarão por uma experiência diferenciada neste sentido. Trata-se da ação Pixaim nas Escolas, coordenada pela Central Única das Favelas de Mato Grosso (CUFA-MT), que levará para as escolas kits pedagógicos exclusivos, elaborados pela CUFA-MT com base no livro “Cabelo Ruim?”, contendo exemplares do livro e as três personagens da obra em forma de bonecas de pano, além de um mini cenário de teatro, uma camiseta do projeto e uma bolsa.

Envolvimento dos alunos nas atividades do Pixaim

Envolvimento dos alunos nas atividades

A Cooperativa Dom e Arte, da cidade de Dom Aquino, assina a confecção das bonecas de pano, que estão sendo feitas com base nas características de Bia, Tatá e Ritinha, num trabalho artesanal que também contribui para gerar renda para as cooperadas. “Este material ajudará o professor no desenvolvimento de atividade lúdicas, não apenas no que se refere ao tema do projeto, que é o preconceito racial, mas também de outros que surgem em seu cotidiano escolar”, comentou a coordenadora de projetos da CUFA-MT, Karina Santiago.

Os kits serão utilizados nas atividades da Roda de Leitura. Também estão sendo oferecidas oficinas de Tranças e Bonecas Negras. A ação já está em andamento nas escolas Manoel Corrêa de Almeida, em Várzea Grande, e Bela Vista, em Cuiabá. Em 2011 vai atender a mais quatro escolas públicas, num total de seis escolas estaduais. A ação conta com o patrocínio do Ministério da Educação e da Secretaria de Estado de Educação.

Com informações da Assessoria do Ponto de Cultura Pixaim.

http://www.projetopixaim.blogspot.com/ http://www.cufamatogrosso.wordpress.com/